Correio B
FOLCLORE PARA CRIANÇAS

Criada aqui, heroína indígena salva meio ambiente em aventura

Criada aqui, heroína indígena salva meio ambiente em aventura

DA REDAÇÃO

21/04/2019 16:18

 

Em dados, os indígenas somam mais de 300 etnias pelo País, mas, no dia a dia, toda a riqueza cultural que carregam “passa batido”. E foi para despertar o interesse do sul-mato-grossense que nasceu a trilogia “A Guerreira Potira”, uma história de aventura genuína ambientada no País. 

Escrita por Bianca Resende e ilustrada por Marina Torrecilha, o livro tem como foco o público infantojuvenil e conta a história da índia Potira, a partir de uma lenda do folclore nacional. Na tradição oral, a personagem passou a chorar diamantes após perder o amado em uma batalha. Porém, na trilogia, a índia ganha novos contornos e uma aventura só para ela. 

Em “A Guerreira Potira”, a personagem se depara com a derrubada de castanheiras e embarca em uma saga dentro da mata brasileira para impedir o desmatamento. Ela é acompanhada por seres mágicos, todos catalogados no livro “Compêndio Seres da Mata – Um Olhar Informal sobre o Folclore Brasileiro”, do escritor Hélio Guedes. 

As autoras buscam produzir um conteúdo inteligente para as crianças, abordando a defesa do meio ambiente e com referências positivas sobre os povos indígenas.  A primeira parte da trilogia deve ser lançada no segundo semestre de 2019, com cerca de 40 páginas – entre texto e ilustrações originais. 

Interessados podem acompanhar a construção da personagem pelo Instagram @aguerreirapotira.