Clique aqui e veja as últimas notícias!

MANIFESTAÇÃO

Caminhoneiros de MS se mobilizam<br> em grupo para irem à Brasília

A Expectativa dos manifestantes é de que 50 mil caminhoneiros <br> se concentrem na capital federal, até domingo
31/05/2018 15:47 - Izabela Jornada


Grupo de caminhoneiros de Mato Grosso do Sul vão à Brasília reivindicar melhorias para a população. De acordo com um dos integrantes do movimento, Antonio Marcos Lelis, 47 anos, que carrega ração no estado, alguns caminhoneiros de MS já foram para a capital federal.

Cláudio Honorato que é caminhoneiro do estado de Goiás, declarou que mais de 50 mil profissionais estão se deslocando de todos os estados do país e a classe estará reivindicando “em prol de toda a população e não mais apenas dos caminhoneiros”. “Queremos lotar Brasília até segunda-feira (4) e vamos pedir por tudo aquilo que a população quiser. Baixa de impostos e principalmente a baixa da gasolina”, disse o caminhoneiro.

O grupo de whats app tem integrado não só caminhoneiros, mas profissionais de outras classes, como é o caso do técnico de ar condicionado, Fábio Bullman, 36 anos. Ele disse que também está se mobilizando para fazer parte da manifestação e que vai apoiar a iniciativa dos caminhoneiros na tentativa de conseguir mais benefícios para a sociedade. “Estou me organizando para ir à Brasília também, não podemos cruzar os braços, temos que lutar pelo nosso Brasil”, disse o autônomo.

Em conversas enviadas do grupo de whats app para a reportagem do Portal Correio do Estado, os integrantes incentivam os caminhoneiros, por meio de vídeos, a irem com apenas o cavalinho do caminhão, para o maior número de manifestantes participarem do movimento. Além de convocarem os caminhoneiros, um dos integrantes do grupo, conhecido como “Sony repiadinho”, convida toda a população a participar e pede para que encham Brasília com carros pequenos também.

O líder do movimento é o representante dos motoristas autônomos do Centro Oeste e filiado ao Podemos de São Paulo, o caminhoneiro Wallace Landim, conhecido como Chorão. Ele que divulgou vídeo na última quarta-feira (30) convocando os demais caminhoneiros do país a ir para Brasília protestar contra o governo de Michel Temer, que se negou, segundo ele, a estabelecer um diálogo com a categoria.