Clique aqui e veja as últimas notícias!

SELVA

Bolsonaro escala General Mourão para combater desmatamento na Amazônia

Presidente anunciou criação de conselho para proteger a região
21/01/2020 12:59 - ESTADÃO CONTEÚDO


 

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira, 21, pelas suas contas nas redes sociais, a criação de um novo órgão, o Conselho da Amazônia. Segundo a publicação, o objetivo do colegiado é coordenar as diversas ações em cada ministério voltadas para a proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da Amazônia. A responsabilidade de coordenação, segundo Bolsonaro, ficaria com o vice-presidente, Hamilton Mourão.

Bolsonaro passou a manhã desta terça reunido com Mourão e ministros, na reunião semanal do Conselho de Governo, que acontece às terças-feiras no Palácio da Alvorada. Este foi o primeiro encontro do grupo em 2020. A publicação nas redes também anuncia a criação da Força Nacional Ambiental para proteção do meio ambiente da Amazônia.

O anúncio ocorre após o governo brasileiro, e o próprio Bolsonaro, serem alvos de críticas, inclusive internacionais, pela atuação na área ambiental. 

“Determinei a criação do Conselho da Amazônia, a ser coordenado pelo Vice Presidente @GeneralMourao, utilizando sua própria estrutura, e que terá por objetivo coordenar as diversas ações em cada ministério voltadas p/ a proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da Amazônia”, escreveu o presidente da República.

“Dentre outras medidas determinadas está também a criação de uma Força Nacional Ambiental, à semelhança da Força Nacional de Segurança Pública, voltada à proteção do meio ambiente da Amazônia”, acrescentou.

Jair Bolsonaro, porém, não detalhou quantos e quais homens vão compor essa Força Nacional para a área ambiental, nem de onde virão os recursos para viabilizar a sua operação.