Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORREIO B

'Claro que me abalou', diz Marina Ruy Barbosa sobre polêmica com José Loreto

'Claro que me abalou', diz Marina Ruy Barbosa sobre polêmica com José Loreto
16/04/2019 06:00 - ESTADÃO CONTEÚDO


A atriz Marina Ruy Barbosa falou sobre ter seu nome envolvido como suposto pivô de uma traição, na polêmica separação entre José Loreto e Débora Nascimento, em entrevista ao jornalista Leo Dias publicada nesta segunda-feira, 15. 

"Claro que me abalou. Mas eu dei minha declaração imediatamente, deixando claro que não tinha nenhum envolvimento com ele. Ele deu a dele falando que não houve traição e pediu respeito. Enfim, cada um fala e se posiciona da forma que acha que deve."

"Só posso me responsabilizar pelos meus atos. O que os outros fazem não é uma questão minha. Não pode ser. É assim que eu lido com isso", continuou.

Sobre possíveis atritos que teria tido com outras artistas, como por exemplo Giovanna Ewbank, afirmou: "Não tenho nada contra ninguém".

"Tento evitar confusão, não gosto. Quero apenas fazer o meu trabalho sem prejudicar ninguém, sem passar por cima de ninguém. Fico na minha", acrescentou.

Marina ainda afirmou que não se considera uma "vítima" da situação: "Vítima é uma palavra muito ruim e eu não gosto de me colocar nessa posição. A gente vive numa sociedade machista e que tende a colocar as mulheres como vilãs, sempre. Eu acho que essa não é a melhor forma de lidar com as situações".

A atriz também brincou sobre os boatos surgidos nas redes sociais à época: "Eu adoro Noronha e quero voltar logo pra lá. Mas nunca soube desse 'surubão' aí".

Felpuda


A lista do Tribunal  de Contas de MS,  com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros  de quando exerceram cargos públicos,  está deixando  muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto  pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!