Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TURISMO

Conheça as belezas de Cuba, a maior ilha do Caribe

País tem muito a oferecer como destino turístico
19/11/2019 07:00 - NAIANE MESQUITA


 

Apesar de ser centro de debates polêmicos, Cuba tem muito a oferecer como destino turístico. 

Das praias paradisíacas às fábricas de tabaco, Cuba é a maior ilha do Caribe e o destino perfeito para quem busca história, uma experiência diferente e bom preço. 

As construções históricas da cidade vão do barroco ao neoclássico, do art nouveau ao déco, mostrando as diferentes fases da trajetória da ilha. 

A história de Cuba começa tecnicamente com a sua descoberta por Cristóvão Colombo em 1492, que fez da ilha território espanhol até 1898. Depois de ser negociada para os Estados Unidos, Cuba conquistou sua independência quatro anos depois, porém, com grande influência americana na economia e na política do país. 

Foi após 60 anos que a Revolução Cubana, liderada por Fidel Castro, colocou fim à ditadura de Fulgêncio Batista, em 1959. A partir dessa mudança política, a ilha ficou conhecida pelos embargos de produtos do mundo capitalista, que faz um breve passeio pelas ruas de Havana, uma viagem pelos anos 50. Carros antigos podem ser alugados por meio da empresa governamental Grand Car.

Na hospedagem, aposte em hotéis, que podem ser um pouco caros, ou em quartos e casas alugadas diretamente dos cubanos. 

As praias da Costa Norte são as mais bonitas de Cuba. Por conta do clima quente predominante, os viajantes podem nadar ou mergulhar nas águas calmas e cristalinas o ano todo. 

Uma das praias mas bonitas do país é a Jibacoa, localizada a 45 km de Havana, que investe na prática de snorkeling, por conta do mar calmo e das águas cristalinas. Os turistas podem apreciar a vista sem problemas. Outro ponto que conquista os visitantes é a presença de diversos recifes coloridos, que dão um charme a mais na praia paradisíaca. 

Continuando com as belezas naturais, a praia de Varadero é o reduto de luxuosos resorts. O local atrai muitos turistas, mas não impede que as águas continuem cristalinas. Além da praia, Varadero tem grutas, lagoas interiores, enseadas e recifes para nadar, mergulhar ou praticar snorkeling. 

Já as praias que Cayo Coco são conhecidas mundialmente por suas águas calmas, praticamente uma piscina gigante. É um destino paradisíaco, com resorts, mas não tão badalado por turistas quanto Varadero.

Havana vale uma visita à parte. Capital de Cuba, a cidade tem muitos edifícios antigos e alguns já restaurados, que tornam a visita mais charmosa. 

Caminhar pelas ruas e vielas é a melhor forma de conhecer a cidade, principalmente porque os cubanos são amigáveis e solícitos com os turistas. Entre os pontos imperdíveis está a Catedral de San Cristóbal, cercada de edifícios dos séculos 18 e 19. Outros locais que enchem os olhos são o Capitólio Nacional, o Mosteiro de São Francisco e a Plaza Vieja, na Velha Havana. 

Ninguém viaja a Cuba sem conhecer os charutos mais famosos do mundo. Para aprender um pouco mais sobre a história desse produto, é possível visitar fábricas de charuto. O preço desse tipo de passeio é, em média, R$ 40,00 e inclui observar os cubanos enrolando cada um dos charutos à mão. A plantação Hector Luis Prieto organiza excursões com almoço incluso por suas dependências. Se a ideia for apenas comprar o produto, os legítimos charutos são vendidos em qualquer uma das lojas La Casa del Habano. 

Felpuda


Nos bastidores, conversas, ou melhor, quase sussurros, dão conta de que compromisso assumido teria prazo de validade se acontecer a vitória de aliado.

A partir de então, o papo passaria a ser bem, mas bem diferente mesmo, pois, com acordo cumprido, novos objetivos passariam a ser fonte dos desejos, e sem nenhuma moeda de troca.

No caso, não haveria mais sequer um fio de bigode. Tipo, cada um na sua.