Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

RAIO-X

De todas as formas

No elenco da série "Impuros", Rodrigo Fagundes vibra com variedade de plataformas em sua trajetória
10/01/2020 06:30 - CAROLINE BORGES/TV Press


 

A chegada dos serviços de “streaming” fez com que o mercado audiovisual entrasse em aquecimento. Não à toa, Rodrigo Fagundes está experimentando um período intenso de trabalho. Além de integrar o elenco da série “Impuros”, do Fox Premium, ele também roda o filme “Tudo Bem no Natal Que Vem”, que marca a estreia de Leandro Hassum numa produção da Netflix. No ano passado, Rodrigo também subiu aos palcos do Rio de Janeiro e de São Paulo com a peça de humor “Susto” e ainda dublou o desenho “Tromba-trem – O Filme”. Aos 49 anos, Rodrigo é bastante lembrado por sua passagem no extinto “Zorra Total” e também pela recente “Pega-Pega”, novela exibida pela Globo em 2017. Com passagens pelo teatro, tevê e cinema, o ator celebra o momento de ebulição artística. “Cada vez mais os atores estão vivendo esse sonho real de poderem trabalhar em mídias e plataformas diferentes. São produzidos conteúdo e histórias da mais alta qualidade. É realmente esperançoso saber que as possibilidades de trabalhar em emissoras, streamings, palcos, telas está cada vez mais se expandindo”, vibra.

Em “Impuros”, Rodrigo interpreta o sequestrador de crianças Kleber. Ao lado de sua parceira, ele vive de pequenos golpes, pedindo dinheiro em troca das crianças que sequestra. Porém, o personagem acaba raptando, sem saber, o filho de Evandro, chefe do morro vivido por Raphael Logam. “É um universo bem distante do meu, mas que nos aproxima quando penso nas relações humanas. Sempre vi muitos filmes e séries sobre o tema, mas procurei ouvir a direção e estabelecer o tom que foi proposto. Tem tensão, medo e muita ação. Foi muito bom participar”, comemora. Além da série do canal Fox Premium, Rodrigo também gravou uma participação em “D. P. A. – Detetives do Prédio Azul”, do Gloob, em que interpreta Jovelino. A produção infantil tem estreia prevista para este ano. “Meu personagem concorre a uma vaga de garçom e acaba sendo sabotado pelo vilão feito pelo Tadeu Mello. Outro momento delicioso que pude aproveitar para compor e dar vida para um sujeito ingênuo, que tenta fazer o seu e acaba prejudicado pelo vilão. ‘D.P.A.’ é uma das melhores séries que temos para as crianças e que arrebata também os adultos”, elogia.

Nome: Rodrigo de Castro Fagundes.

Nascimento: Em 30 de outubro de 1972, em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Atuação inesquecível: “O Nelito na novela ‘Pega-Pega’, escrita pela Claudia Souto e dirigida por Luiz Henrique Rios”.

Interpretação memorável: Leonardo DiCaprio no filme “Gilbert Grape - Aprendiz de Sonhador”, de Lasse Hallström.

Momento marcante na carreira: “Orgulho do nosso espetáculo ‘Surto’, que ficou em cartaz por 11 anos sem patrocínio. Foi um divisor de águas para mim e meus amigos do grupo”.

O que falta na televisão: “Humildade”.

O que sobra na televisão: “Vaidade”.

Com quem gostaria de contracenar: “Tony Ramos, Selton Mello e Fernanda Montenegro, claro”.

Se não fosse ator, o que seria: “Professor de inglês”.

Ator preferido: Chico Anysio.

Atriz preferida: Fernanda Montenegro.

Novela preferida: “Vale Tudo”, “A Gata Comeu”, “A Próxima Vítima”, “Avenida Brasil” e “Pega-Pega”. “Coloca todas essas, ok? (risos)”.

Vilão marcante: Maria de Fátima, interpretada por Gloria Pires em “Vale Tudo”, de 1988, da Globo. “Humanamente deliciosa e inescrupulosa”.

Personagem mais difícil de compor: “O Nelito de ‘Pega-Pega’. Me desafiou muito. Amei”.

Que novela gostaria que fosse reprisada: “Elas Por Elas”, de 1982, da Globo, e “Marron Glacê”, de 1979, da Globo.

Filme: “O Iluminado”, de Stanley Kubrick, e “Central do Brasil”, de Walter Salles.

Autor predileto: Stephen King, Monteiro Lobato e Ryan Murphy.

Diretor favorito: Fernando Meirelles, Kleber Mendonça Filho, Steven Spielberg, Quentin Tarantino, Woody Allen e Guillermo Del Toro.

Vexame: “Cometi algumas gafes, mas vexame ainda está por vir (risos)”.

Uma mania: “Dormir com a tevê ligada”.

Um medo: “De que o Brasil continue andando para trás na política”.

Projeto: “Adaptação da peça ‘Susto’, suspense e comédia, para uma série de tevê”.

 

“Impuros” – Fox Premium – Sexta, às 20h30. Todos os episódios estão disponíveis para os assinantes do Fox Premium no aplicativo da Fox.

Felpuda


Sem conseguir controlar a verborragia, figurinha estreante no mundo político-partidário, e que se acha “o último biscoito do pacote”, acabou batendo de frente com titãs da política. Primeiro perdeu os anéis e, agora, os dedos correm sérios riscos. Anda “ameaçando” deixar o lugar onde se encontra, só que por lá vem ouvindo frases como “se é por falta de adeus...”, “os incomodados que se mudem” e “não fará nenhuma falta”.

Como se vê...