Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

LONGA PREMIADO

Dica da Semana: “Capitão Fantástico”

Filme de 2016 questiona as opressoras práticas da sociedade de consumo moderna
25/06/2019 16:00 - KREITLON PEREIRA, VIA STREAMING


 

Em 2016 chegava às telas dos cinemas o filme “Capitão Fantástico”, longa de 90 minutos que fez sua estreia no festival de Sundance e ganhou o prêmio de Melhor Direção em Cannes. Além disso, o ator Viggo Mortensen, que interpreta o protagonista, foi indicado para o Globo de Ouro na categoria de Melhor Ator. Centrada na vida excêntrica de uma família que vive afastada da sociedade em uma floresta na parte Noroeste dos Estados Unidos, “Capitão Fantástico” é uma crítica ao estilo de vida atual, cujas bases residem no consumismo desenfreado.

Ben (Viggo Mortenses) e seus seis filhos, entre as idades de 7 e 18 anos, vivem isolados em uma floresta nos Estados Unidos. As crianças foram educadas pelos próprios pais, que incentivaram a leitura de autores como George Eliot, Dostoiévski e Karl Marx desde muito cedo. Além disso, elas possuem um preparo físico digno de atletas de alta performance, praticando escalada, corridas nas montanhas e outras atividades como práticas de autodefesa.

Porém, quando a mãe das crianças - Leslie - se suicida em seu tratamento para a depressão e bipolaridade, a família decide sair da floresta para participar de seu enterro, certificando que seus últimos desejos fossem atendidos. Assim, todos os sete embarcam em uma viagem pelos Estados Unidos. Como consequência disso, a família vai passar por diversos problemas internos, fomentados, principalmente, pelo embate entre Ben e o avô materno das crianças, que não concorda com a forma que seus netos são criados e nem com os desejos póstumos de sua filha.

Apesar de possuírem um desenvolvido senso crítico e excelente bagagem intelectual, as crianças não têm muito engajamento social, visto que viveram afastados da sociedade desde que nasceram. Esse choque de culturas, proporcionado pela viagem da família, traz certa leveza à narrativa, introduzindo elementos cômicos ao drama familiar. “Capitão Fantástico” está disponível no Looke, na Amazon Prime Video, no YouTube e entra para o catálogo da Netflix no início de julho.

Felpuda


A lista do Tribunal  de Contas de MS,  com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros  de quando exerceram cargos públicos,  está deixando  muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto  pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!