Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VIA STREAMING

Dica da Semana: “Grandes Olhos”

Filme retrata a trajetória real da artista Margaret Keane na luta pelo reconhecimento da autoria de suas próprias obras
10/07/2019 18:15 - KREITLON PEREIRA, VIA STREAMING


 

Se nos dias de hoje as mulheres ainda tem que lutar muito contra uma sociedade machista e patriarcal, nos anos 50 a situação era ainda mais opressora. E é justamente essa realidade que o filme “Grandes Olhos”, lançado em 2015, critica. Dirigido por Tim Burton, o longa conta a história da artista americana Margaret Keane, que teve a autoria de suas obras falsificada por seu próprio marido. Para explorar a relação abusiva entre os cônjuges, os protagonistas são interpretados pelos consagrados Amy Adams e Christoph Waltz, que conseguem transparecer para o público a dualidade de seus personagens.

Depois de fugir de um casamento abusivo, Margaret e sua filha se mudam para São Francisco. Enquanto expunha seus trabalhos em uma feira ao ar livre, a mulher conhece seu segundo marido, o carismático Walter Keane, que também se diz pintor. Rapidamente o relacionamento dos dois evolui e eles se casam. Aproveitando-se das fragilidades da mulher e da própria sociedade da época, o marido consegue convencer Margaret a assinar suas obras somente como Keane, para que assim ele pudesse reivindicar sua autoria. Essa farsa durou mais de dez anos, e só se encerrou com a ação legal da mulher contra o ex-marido, que mesmo perdendo a causa morreu sem declarar-se culpado por seus atos.

As obras de Margaret fizeram muito sucesso durante os anos sessenta e foram amplamente comercializadas pelo mundo. Diferentemente das demais pinturas da época, com a dominância no retrato de paisagens, a mulher pintava crianças com olhos extremamente grandes e expressivos, que muitas vezes eram envoltos em uma áurea sombria de tristeza e solidão. O próprio Tim Burton, diretor do filme, é um grande apreciador do trabalho da artista e detentor de uma considerável coleção de suas obras. “Grandes Olhos” está disponível na Netflix e no Telecine On.

Felpuda


Nos bastidores, conversas, ou melhor, quase sussurros, dão conta de que compromisso assumido teria prazo de validade se acontecer a vitória de aliado.

A partir de então, o papo passaria a ser bem, mas bem diferente mesmo, pois, com acordo cumprido, novos objetivos passariam a ser fonte dos desejos, e sem nenhuma moeda de troca.

No caso, não haveria mais sequer um fio de bigode. Tipo, cada um na sua.