Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EVENTO

Grade de proteção cai e atinge o ator Ryan Reynolds durante CCXP

Ator divulgou o filme "Free Guy" em São Paulo
08/12/2019 19:00 - ESTADÃO CONTEÚDO


 

Com estreia prevista para 3 de julho de 2020 nos Estados Unidos, o filme "Free Guy - Assumindo o Controle" ganhou seu primeiro trailer neste sábado, 7. O vídeo foi divulgado em primeira mão na CCXP 2019, em São Paulo.

Na comédia de ação, Ryan Reynolds é um funcionário de banco que descobre ser um personagem figurante em um videogame.

O trailer foi apresentado em um painel que contou com a presença de Ryan Reynolds e uma "dobradinha" de "Stranger Things": o diretor Shawn Levy e o ator Joe Kerry (Steven Harrington), que também fazem parte da produção. Depois, o elenco seguiu para a arena Omelete.

Na passarela da arena, Reynolds cumprimentava o público quando a grade de proteção caiu, por causa da pressão dos fãs. Apesar do susto, o ator reagiu bem.

Kerry deu mais detalhes sobre seu personagem, um programador "do mundo real". "Free Guy é muito sobre ter o controle da sua vida, e isso se aplica também ao meu personagem", disse.

Intérprete do protagonista, Ryan Reynolds conta que o filme tem alguns elementos de "Matrix", mas elogia outro clássico: "De Volta para o Futuro", de 1985. "Nós queríamos atualizar essa história. Free Guy é uma carta de amor a De Volta para o Futuro", disse.

O ator destacou que o filme aposta em vários gêneros - comédia, ação, ficção, aventura. E retoma muitos elementos de games, também.

Para ele, um grande destaque do filme é sua originalidade. "Hoje muitos filmes são baseados em quadrinhos, em heróis que já existem, e é muito raro você conseguir fazer um filme dessa escala que seja totalmente original".

 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!