CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta terça-feira: "Arrecadação otimista"

O Estado está otimista com o desempenho de sua arrecadação e agora precisa trabalhar para que esse ritmo seja mantido ao longo do ano
11/02/2020 03:00 - Da Redação


A  considerar os últimos movimentos de caixa e as perspectivas dos recolhimentos futuros, o governo de Mato Grosso do Sul está otimista com o desempenho de sua arrecadação, principalmente, em momentos como os atuais, em que muitos estados estão patinando em suas finanças e até mesmo enfrentando dificuldades em arcar com suas despesas. O cenário sul-mato-grossense está conseguindo ter rumos diferentes, com o desempenho positivo de suas finanças. O governador Reinaldo Azambuja revelou que em janeiro deste ano MS arrecadou 12% a mais em tributos, que podem chegar a R$ 1,370 bilhão, incremento beirando R$ 146,792 milhões.  

Se fizermos comparação com os movimentos anteriores, vamos verificar que no primeiro mês de 2019 o governo estadual havia arrecadado R$ 1,223 bi em tributos, ante R$ 1,112 bi no primeiro mês de 2018.  Por conta desses números, o governador alardeou que a receita de Mato Grosso do Sul registrou crescimento real de 1% de 2018 para 2019 e a grande expectativa, nas palavras dele, é que cresça ainda mais. Em janeiro deste ano o Estado teve um resultado 12% maior que janeiro de 2019. Um bom indício!

O gestor também começou a colocar na ponta do lápis, o resultado do Programa Nota Premiada, que já está rendendo os primeiros dividendos, na medida em que ajuda no crescimento da arrecadação. Na prática, com essa estratégia o governo quer fazer com que o movimento no varejo reflita no crescimento do recolhimento de imposto sobre  circulação de mercadorias. Isso porque, quanto mais consumidores estiverem mobilizados em pedir a nota fical em suas compras, ainda que em valores pequenos, mais impostos entrarão para o caixa do Tesouro.  

Até o dia 30 de janeiro foram emitidas perto de 30 milhões de notas fiscais em todo o Estado, das quais, aproximadamente 15% tinham CPF. A expectativa é que os números aumentem ainda mais, com o primeiro sorteio da Nota Premiada, que acontecerá no fim deste mês. Em meio ao seu otimismo, o governador aproveitou para destacar os resultados da economia estadual, fruto, em parte, segundo ele, das medidas de austeridade tomadas, como a redução do tamanho da própria máquina pública. É só se manter no caminho!

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".