Brasil

exército paralelo

Exército reduz de 5 para 1 o total de fuzis que PMs podem ter em casa

O receio do ministro da Justiça era o de que autorizações para muitas armas com alto poder destrutivo resultassem em desvios

Continue lendo...

O Exército reduziu de cinco para um o total de fuzis que policiais e bombeiros militares podem ter em casa, em acervos particulares. Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, 20, o Comando Logístico também anunciou a redução no total de armas, de todos os tipos, que podem ser adquiridas por militares estaduais. O número caiu de seis para quatro armas.

A permissão para PMs terem até cinco armas restritas, com possibilidade de todas serem modelos de fuzis, foi revelada pelo Estadão, em janeiro. Dias depois, o Exército suspendeu a medida em gesto ao ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, que tomaria posse no dia em que as novas regras entrariam em vigor.

Lewandowski manifestou ser contrário à popularização de armas como fuzis. O receio no Executivo era o de que autorizações para muitas armas com alto poder destrutivo resultassem em desvios. Agora, o Exército pôs fim ao imbróglio, revendo os critérios definidos na portaria de janeiro.

Conforme a regra publicada no início do ano, os policiais militares podiam comprar até seis armas, sendo até cinco de uso restrito. Com os novos critérios anunciados agora, eles poderão adquirir quatro armas, sendo duas de uso restrito. Dentro das restritas, só uma pode ser um fuzil.

A nova portaria do Exército ainda disciplina as regras para os policiais militares aposentados. Eles só poderão comprar duas armas de fogo de uso permitido e nenhuma de uso restrito. As medidas também valem para integrantes do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República.

Modelos

Não são todos os tipos de fuzis que podem ser comprados. Só os que seguem especificações técnicas relacionadas à energia gerada no momento do disparo (1.750 joules). Dos oito modelos de fuzis produzidos pela Taurus, por exemplo, sete estão contemplados nesse critério.

O policiais militares e os integrantes das Forças Armadas - estes contemplados em uma outra portaria, de dezembro - se tornaram novo um público-alvo do comércio legal de armas de maior potencial destrutivo, desde que decretos do governo Lula limitaram o acesso de colecionadores, atiradores desportivos e caçadores (CACs) a armas de uso restrito, como os fuzis e as pistolas 9 mm.

Autorização

Até 2018, antes do governo de Jair Bolsonaro (PL), os policiais militares podiam ter até oito armas em casa, mas em uma divisão específica: seis armas de uso permitido, sendo até duas de cada tipo (duas de porte, dois rifles e duas carabinas, por exemplo), e duas armas de uso restrito, sendo elas de calibres específicos Fuzis não estavam contemplados.

A partir de 2019, com Bolsonaro, as seis armas de uso permitido passaram a poder ser de qualquer tipo. As duas restritas podiam ser de qualquer modelo, à exceção dos automáticos - que disparam tiros em sequência com um acionamento de gatilho. Portanto, os policiais podiam comprar até dois fuzis semiautomáticos.

(INFORMAÇÕES DA AGÊNCIA ESTADO)

Brasil

Alerta da OMS: Aumento de medicamentos falsificados para diabetes tipo 2 e perda de peso

Organização Mundial da Saúde identifica crescimento preocupante de falsificações de medicamentos como semaglutida, com riscos à saúde pública.

20/06/2024 14h00

Alerta da OMS: Aumento de medicamentos falsificados para diabetes tipo 2 e perda de peso

Alerta da OMS: Aumento de medicamentos falsificados para diabetes tipo 2 e perda de peso Divulgação: Agência Brasil

Continue Lendo...

A Organização Mundial da Saúde (OMS) renovou seu alerta sobre o aumento da falsificação de medicamentos destinados ao tratamento do diabetes tipo 2, que também são usados para perda de peso, como a semaglutida, princípio ativo do Ozempic, uma caneta subcutânea para controle do apetite.

O alerta abrange três lotes falsificados do Ozempic detectados em outubro de 2023 no Brasil, Reino Unido e Irlanda do Norte, e em dezembro de 2023 nos Estados Unidos. Desde 2022, o Sistema Global de Vigilância e Monitoramento da OMS tem registrado um aumento nos relatórios de produtos falsificados contendo semaglutida em várias regiões do mundo.

"A demanda por esses medicamentos tem crescido, assim como os casos de falsificação. Produtos falsificados podem representar riscos à saúde das pessoas. Sem os ingredientes necessários, esses medicamentos podem resultar em complicações devido ao descontrole dos níveis de glicose no sangue e do peso", alertou a OMS.

"Em alguns casos, ingredientes ativos não declarados podem estar presentes nas injeções, criando riscos imprevisíveis e complicações à saúde", completou a organização.

Precauções são recomendadas pela OMS para proteger os pacientes desses medicamentos falsificados e de seus efeitos nocivos. É aconselhável que os pacientes adquiram o medicamento com prescrição médica de profissionais autorizados, evitando fontes desconhecidas ou não verificadas, como as encontradas online.

"As embalagens e datas de validade dos medicamentos devem ser verificadas antes da compra e seu uso deve ser conforme a prescrição médica. Para semaglutidas injetáveis, é importante garantir o armazenamento adequado na geladeira", destacou a OMS.

Notificações sobre medicamentos falsificados podem ser enviadas à OMS através do e-mail [email protected].

luto

Morre Chrystian, cantor que fez dupla com Ralf

Desde o começo do ano o cantor estava em tratamento médico por conta de problemas renais e estava se preparando para fazer um transplante

20/06/2024 07h51

 Chrystian tinha 67 anos e havia desfeito a dupla com o irmão, mas estava com agenda de inúmeros shows marcados ao longo dos próximos meses

Chrystian tinha 67 anos e havia desfeito a dupla com o irmão, mas estava com agenda de inúmeros shows marcados ao longo dos próximos meses

Continue Lendo...

O cantor Chrystian, que já formou dupla sertaneja com Ralf, morreu nesta quarta-feira (19), aos 67 anos. A causa da morte não foi divulgada pela equipe e família de Chrystian. Ele deu entrada no hospital durante a manhã após passar mal em casa e ficou internado, segundo sua assessoria, em virtude de diagnóstico que exigia "repouso imediato e tratamento especializado".

A assessoria do artista, inclusive, havia comunicado o cancelamento de show programado para o dia 22 de junho em Franco da Rocha (SP). "Pedimos a compreensão de todos e agradecemos pelo apoio contínuo. Informações sobre possíveis remarcações ou reembolsos serão comunicadas em breve."

Em fevereiro, Chrystian foi internado no Hospital do Rim, da Fundação Oswaldo Ramos, em São Paulo. Ele havia sido diagnosticado com rim policístico e receberia um transplante do órgão da esposa, Key Vieira, mas teve o procedimento adiado em virtude de um cateterismo.

Em nota, a família do artista exaltou os 60 anos de dedicação do cantor à música sertaneja. "Sua voz inconfundível e sua paixão pela música trouxeram alegria e emoção aos fãs em todo o Brasil."

Leia a nota da família de Chrystian na íntegra:

"Com imenso pesar, a família e a equipe de Chrystian, comunicam o falecimento do nosso querido esposo, pai e artista, ocorrido no Hospital Samaritano, em São Paulo.

Chrystian dedicou 60 anos de sua vida à música sertaneja, construindo uma carreira brilhante e marcada por inúmeros sucessos. Sua voz inconfundível e sua paixão pela música trouxeram alegria e emoção aos fãs em todo o Brasil. Ao longo de sua trajetória, Chrystian esteve sempre na estrada, compartilhando seu talento e carisma em incontáveis shows, onde conquistou e encantou gerações de admiradores.

Neste momento de profunda dor, encontramos consolo nas memórias dos momentos felizes e nas canções que ele nos deixou. Agradecemos de coração todo o apoio, carinho e respeito que recebemos dos fãs, amigos e colegas de profissão. Chrystian viverá para sempre em nossos corações e através de sua música, que continuará a inspirar e emocionar a todos.
Com amor e saudades. Esposa e Filhos"

(INFORMAÇÕES DA FOLHAPRESS)
 

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).