Clique aqui e veja as últimas notícias!

ACIDENTE NA GURY MARQUES

“Costumava dizer que se sentia radiante como o Sol”, diz amiga de professora

Educadora morreu após ter carro atingido por tenente da PM embriagado
01/06/2020 18:32 - Da Redação


A combinação de álcool e direção ajudou a tirar a vida da professora Suellen Vilela Brasil, de 32 anos, na noite de sábado, em Campo Grande, mas não tirou da memória dos que ficaram as doces lembranças que a educadora deixou antes de partir. 

Descrita como alto astral, doce, alegre, sorridente são alguns dos adjetivos que explicam como Suellen era no dia-a-dia. 

“Suelen costumava dizer que era tão feliz; que se sentia como o Sol; radiante com a vida”, contou a amiga de Suellen, a também professora Ivete Busanello Lacerda, de 49 anos. 

Amigas há três anos, Ivete agora se apega a um áudio (ouça abaixo) enviado por Suellen na sexta-feira (29).  “Foi amizade instantânea. As pessoas achavam que éramos irmãs”, recorda.