Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COVID-19

“Vão pagar um preço muito caro”, afirma secretário sobre isolamento

Índice de adesão ao isolamento em Mato Grosso do Sul continua baixo, apesar do aumento no número de casos
06/06/2020 15:05 - Bruna Aquino, Naiane Mesquita


O secretário estadual de saúde, Geraldo Resende ressaltou que o baixo índice de isolamento social ainda é um risco para a população, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). “Aqueles que querem pagar para ver, vão pagar um preço muito caro, o pior está por vir. Nós poderemos ter a representação do colapso assim como aconteceu em outros estados. Não é responsabilidade só do Governo, é de todos”, afirmou Resende, hoje (6), durante a transmissão ao vivo do Governo do Estado de MS. 

Resende ainda solicitou mais uma vez que a população colabore para o crescimento do isolamento social. “Se tiver sua participação, nós vamos vencer essa guerra, eu espero que nos próximos dias nós tenhamos uma taxa melhor de adesão [isolamento social] e uma contribuição melhor de todos os sul-mato-grossenses”, acredita. 

Atualmente, dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, 51 estão com casos confirmados de coronavírus, ou seja, 65% do território. O novo município a aparecer entre os com casos confirmados é Aparecida do Taboado, na região leste do Estado.

A cidade de Dourados continua no topo do ranking de casos de coronavírus, com 493 pessoas contaminadas, sendo que Mato Grosso do Sul registra até o dia de hoje, 2.132 pessoas com Covid-19.

Casos

Dos 2.132 casos confirmados do novo coronavírus em Mato Grosso do Sul, 1.040 estão em isolamento domiciliar, 1.026 estão sem sintomas e já estão recuperados, 45 estão internados – sendo 24 em hospitais públicos e 20 em hospitais privados. Um paciente internado é procedente de fora do Estado. Até hoje (6), foram registrados 21 óbitos. 

Por enquanto, 628 exames ainda aguardam resultado do Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública), onde é feito o exame para nove tipos de vírus respiratórios, incluindo influenza e coronavírus. Os resultados ficam prontos entre 24h a 72 horas, após o recebimento das amostras.

 

 

 

Felpuda


Pelo andar da carruagem, aqueles que se acham “proprietários” de certo partido não estão conseguindo encontrar alguém que possa encarar o desafio de ser cabeça de chapa e enfrentar adversários na disputa para prefeito. Até mesmo solução interna está difícil, porque   “lo mismo” mostra-se relutante em colocar a chuteira e participar do jogo. Tudo indica que a paciência do eleitor já se esgotou com a legenda, pelo que já foi demonstrado pelas urnas. E sai de baixo!