Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COVID-19

Flexibilização do isolamento: veja o que abre e o que continuará fechado

Academias, shoppings e casas noturnas continuam proibidos; lojas terão restrições
04/04/2020 10:15 - Eduardo Miranda


A prefeitura de Campo Grande publicou na noite de sexta-feira (03) o Plano de Diretrizes para o enfrentamento da Covid-19 na cidade. O documento autoriza, a partir de segunda-feira (6) o retorno de algumas atividades comerciais e de serviços que estavam proibidas de funcionar desde o dia 20 de março.  

A prefeitura separou em dois grupos as atividades que poderão voltar a funcionar. O primeiro grupo, reabre nesta segunda-feira (6) e um segundo, na próxima semana, no dia 13. As lojas terão horário de funcionamento reduzido (das 9h às 16h30min) e deverão funcionar com 30% da capacidade.  

As regras de funcionamento deverão ser afixadas em local visível de todos os funcionários e clientes. Pessoas com mais de 60 anos de idade, com comorbidades (diabetes, hipertensão, etc) e gestantes, deverão ser liberados do trabalho.  

Alguns setores da economia não estão aptos a funcionar e a reabertura - se houver - será definida em decreto posterior. Por enquanto, continuam suspensos, em carácter excepcional:  

- as aulas na rede pública e privada do município  

- aulas e atividades nem universidades, cursos preparatórios, escolas profissionalizantes e instituições de treinamento

- eventos e reuniões de qualquer natureza, públicos ou privados, incluindo excursões, cursos presenciais e similares

- oficinas sociais e culturais, bem como calendário de eventos esportivos, inclusive partidas e campeonatos de todas as modalidades, como por exemplo, futebol e vôlei.  

- eventos particulares, como bailes, festas comunitárias, bingos, sessões de cinema, festas em casas noturnas, boates, casas de festa e demais eventos sociais, culturais e esportivos.  

- funcionamento de academias em geral e clubes de lazer

- funcionamento de shoppings e galerias.

- funcionamento de bares com entretenimento. 

 
 

Agora, veja as atividades que poderão abrir a partir de segunda-feira (6):

- estabelecimentos comerciais da área de agricultura, de cultivo de flores, plantas ornamentais e apoio a produção florestal

- serviços de manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos (inclui oficinas mecânicas de veículos, aeronaves e embarcações)

- comércio de veículos e motocicletas

- comércio atacadista de bens de consumo (roupas, calçados, livros, artigos de escritório, entre outros)

- representações comerciais

- comércio varejista (vestuário, eletroeletrônicos, telefonia, artigos esportivos, livros, jornais, joias e relógios, e mercadorias em geral)

- estacionamento de veículos

- atividades de comunicação  

- atividades financeiras

- atividades imobiliárias

- cartórios

- atividades jurídicas

- sedes administrativas de empresas

- atividades de contabilidade

- atividades de pesquisa

- agências de publicidade

- reparação de objetos e equipamentos pessoais e domésticos

- reparação e manutenção de eletroeletrônicos e eletromésticos

- partidos políticos, sindicatos, e atividades administrativas de organizações profissionais, não-governamentais e empresariais.  

- serviços de fotocópias

- agências e operadores de turismo

- atividades de cobrança e informações cadastrais

- aluguel de automóveis

- aluguel de equipamentos recreativos, de roupas, máquinas e equipamentos para escritório

- gestão de ativos intangíveis não financeiros

- locação de mão de obra

 

Estabelecimentos e serviços que poderão reabrir a partir de segunda-feira (13)

- Serviços combinados para apoio a edifícios

- Fornecimento e gestão de recursos humanos para terceiros

- Atividades fotográficas e similares

- Atividades auxiliares de transportes terrestres

 

 
 

ESSENCIAIS E SAÚDE

As atividades consideradas essenciais, como farmácias, hospitais, imprensa, postos de combustível, revendas de água mineral e gás de cozinha e supermercados, continuam liberadas.  

Para os serviços de saúde, a prefeitura publicou decreto à parte. Eles nunca foram impedidos de funcionar. Neste novo decreto, porém, a partir de segunda-feira (6), as clínicas e consultórios terão de atender vários requisitos, como o uso obrigatório de máscaras por parte da equipe de funcionários; proibição de trabalho de pessoas com comorbidade e idade superior a 60 anos; sem prejuízo do salário, espaçamento dos horários das consultas, entre outras medidas para aumentar o distanciamento social. 

 

Felpuda


Dia desses, há quem tenha se lembrado de opositor ferrenho – em público –, contra governante da época, mas que não deixava de frequentar a fazenda de “sua vítima” sempre que possível e longe dos olhos populares. Por lá, dizem, riam que só do fictício enfrentamento de ambos, que atraía atenção e votos. E quem se lembrou da antiga história garantiu que hoje ela vem se repetindo, tendo duas figurinhas carimbadas nos papéis principais. Ô louco!