Clique aqui e veja as últimas notícias!

QUEIMADAS

Operação Pantanal II tenta impedir o avanço das chamas na região do Amolar

Para impedir o aumento dos incêndios em outras reservas, bombeiros priorizam o combate na região do Amolar
28/09/2020 09:47 - Alicia Miyashiro


Nesta segunda-feira (28), a Operação Pantanal II, que tenta controlar os focos de incêndios florestais que aumentam no entorno da Serra do Amolar, passa a contar com duas aeronaves.

Um helicóptero do ICMbio e um Air Tractor, contratados pelo Estado, vão combater o fogo com lançamentos de água.

A Operação reúne bombeiros de Mato Grosso do Sul e do Paraná, brigadistas do Ibama, ICMbio, e de organizações não-governamentais.

Com incêndios avançando há três dias pela vegetação nativa da Reserva Particular do Patrimômio Natural (RPPN) Eliezer Batista, o esforço para eliminar as chamas se concentrará na linha de fogo.

Na tarde de domingo (27), os bombeiros e brigadistas, que totalizam 35 homens, iniciaram uma nova estratégia para controlar os incêndios e impedir que cheguem à morraria do Amolar, que correm risco de avançar para outras duas unidades de conservação.