Clique aqui e veja as últimas notícias!

TRÂNSITO

Adesão da CNH Digital dobrou durante período da pandemia do coronavírus

Para ter acesso ao documento pelo celular, o condutor precisa baixar o aplicativo da Carteira Digital de Trânsito
12/11/2020 12:29 - Gabrielle Tavares


De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS), 95.327 condutores já baixaram a versão digital da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), aumento de 110% em relação ao ano passado, quando eram 45.225 habilitações ativas entre janeiro a novembro.

Durante a pandemia da Covid-19, os condutores com documento expedidos a partir do dia 13 de abril foram autorizado a ter acesso à habilitação em formato digital, mesmo sem a versão impressa, seja para renovação dos exames, primeira habilitação ou outros motivos. 

Antes, só era possível ter o documento digital quem já estivesse de posse do documento físico, com o QR Code impresso no verso da carteira.

Mas para fazer esse procedimento, é necessário estar com cadastro atualizado, com número de telefone celular com DDD e e-mail informados corretamente.

“É por meio desse endereço cadastrado que o condutor receberá um e-mail do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), informando o número de registro e um código de segurança da sua CNH ou da Permissão para Dirigir", explicou a diretora de habilitação, Loretta Figueiredo.

Segundo Figueiredo, esse código que possibilitará o downlod imediato da versão atualizada do documento no celular, que tem o mesmo valor legal da versão física.

Para ter a CNH Digital, é necessário baixar o aplicativo "Carteira Digital de Trânsito" (CDT), disponível nas lojas virtuais para todos os sistemas operacionais.