Clique aqui e veja as últimas notícias!

INVESTIMENTO AEROPORTUÁRIO

Aeroporto de Bonito retoma voos e recebe investimentos para conectar o destino ao mundo

Bonito, principal destino do ecoturismo no Brasil, ganha obras aeroportuárias para facilitar o translado do turista
12/12/2020 10:00 - Naiara Camargo


Com apoio da Superintendência Viária, da secretaria estadual de Infraestrutura (Seinfra), o governo do estado de Mato Grosso do Sul investe em uma série de obras de infraestrutura no Aeroporto de Bonito.

O objetivo é receber aeronaves maiores, operar instrumentalmente ao invés de visualmente, integrar a região Bodoquena-Bonito-Miranda-Jardim e inaugurar empresas aéreas para transporte de passageiros.

Acompanhe as últimas notícias

“Devemos triplicar a médio prazo o número de voos para nosso destino”, disse Augusto Mariano, secretário municipal de Turismo.

A área de escape da pista será ampliada e serão instalados equipamentos Papi (sigla em inglês que significa Indicador de Percurso de Aproximação) serão instalados, que é um sistema óptico de luzes que auxilia a navegação aérea de aproximação indicando a altitude correta ou precisa para aterrissagem.

Os Papi custaram R$1 milhão aos cofres do governo do Estado e foram importados dos Estados Unidos.

Para Augusto Mariano, secretário municipal de Turismo, novas conexões de Bonito com o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos (SP), que é porta de entrada de turistas de várias partes do mundo no Brasil, favorecerá o destino com redução do tempo de viagem e custo de bilhetes.

“Vamos captar voos charters e com a Bioceânica Atlântico-Pacífico nos conectaremos com os Andes e receberemos voos internacionais de grandes emissores, como Paraguai e Bolívia”.

Com os impactos da pandemia da Covid-19, o turismo de Bonito também foi afetado. A Azul Linhas Aéreas retoma seus voos na cidade a partir de amanhã (13).

“Com a Seinfra entregando a nova certificação do aeroporto, a fundação vai se encarregar de captar novos voos, o que deve gerar uma competição muito grande entre as companhias”, declara Bruno Wendling, diretor-presidente da Fundação de Turismo (Fundtur/MS).

Bonito, o destino do ecoturismo

Bonito, em Mato Grosso do Sul, cidade localizada a 297,5km de Campo Grande, é o principal destino de ecoturismo do Brasil.

A cidade, com cerca de 22 mil habitantes, segundo dados do Instituo Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), possui vários atrativos naturais.

Flutuação em águas cristalinas com cardumes no Rio Sucuri; trilhas em matas; passeios em grutas; banhos em cachoeiras e passeios em balneários são algumas das atividades oferecidas pelo local.

Assine o Correio do Estado