Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CONTRATO

Justiça tenta, há seis meses, cobrar R$ 10,9 mil de Alcides Bernal

Unimed foi à Justiça para receber dívida de 2006
10/05/2020 15:46 - Eduardo Miranda


A Justiça tenta, há seis meses, encontrar o ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, para cobrar dele uma dívida de R$10.959,01, contraída em contrato que ele estabeleceu com a Unimed Campo Grande em 2006, e não pagou.

No início deste mês, os advogados da Unimed ofereceram um novo endereço para citar o ex-prefeito da Capital, que não foi encontrado depois de seis tentativas dos Correios para lhe entregar o mandado de citação.

A decisão a ser cumprida foi expedida pelo juiz da 13ª Vara Cível Residual de Campo Grande, Alexandre Corrêa Leite, em 5 de novembro de 2019. “Defiro a expedição de mandado de pagamento, concedendo ao réu o prazo de 15 (quinze) dias para o cumprimento e o pagamento de honorários advocatícios de 5% do valor atribuído à causa”, afirmou o juiz no termo de conclusão da ação monitória.

A cobrança da Unimed se refere a três parcelas do Plano de Saúde que Bernal contratou com a cooperativa em 2006, no valor de R$ 3,04 mil cada uma, além da multa e juros de mora.

“Inúmeras foram as tentativas de recebimento amigável do valor devido, todas infrutíferas”, alegou a Unimed, que por causa da falta de êxito em se chegar a um acordo, pediu para qualquer audiência de conciliação ou mediação fossem dispensadas.

Os oficiais de Justiça, ainda não encontraram o ex-prefeito.

 
 

Felpuda


Candidato a vereador caiu em desgraça, pelo menos em um dos bairros de Campo Grande, ao promover comício em ginásio de esporte, com direito a ônibus lotados e espoucar de muitos fogos de artifício.

Aí dito-cujo foi alvo de muitas críticas, tanto pela zoeira causada, como por ter mandado às favas quaisquer cuidados na prevenção da Covid-19, ao promover grande aglomeração. Irresponsabilidade é pouco, hein?!