Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MEDIDA

Presidiários produzirão álcool em gel em parceria com universidade

Justiça libera recursos para que produtos sejam confeccionados para atender presídios
20/03/2020 14:55 - Súzan Benites


A justiça estadual liberou nesta quinta-feira (19) R$ 25 mil do dinheiro arrecadado com o desconto de 10% da remuneração do trabalho dos presos para compra de materiais preventivos no combate ao novo coronavírus. O montante também será utilizado para implementar projeto de produção de álcool em gel pelos presidiários do Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho. 

O juiz Albino Coimbra Neto, da 2ª Vara de Execução Penal de Campo Grande, liberou os recursos atendendo ao pedido da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen-MS. Devido à escassez do álcool em gel no mercado, o referido estabelecimento penal de segurança máxima terá o acompanhamento técnico da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), para produzir, com a mão de obra interna, álcool em gel para uso em todos os presídios da Capital, além de espaços administrados pela Agepen, como o Patronato Penitenciário e a Unidade Mista de Monitoramento Virtual Estadual.

De acordo com o juiz, o pedido de liberação destes recursos foi atendido visando a relevância para a saúde pública. “Considerando a pandemia global da nova enfermidade. A questão é especialmente sensível no sistema prisional, que em razão da aglomeração de pessoas, não raro imunodeprimidas, faz com que a adoção de medidas sanitárias e uso de equipamentos como luvas, máscaras e álcool em gel sejam imprescindíveis para a manutenção da vida dos internos e dos servidores que atuam no sistema penal”, explicou Coimbra Neto.

O magistrado ainda citou a Recomendação nº 62, do Conselho Nacional de Justiça, que orienta juízes corregedores de presídios a adotarem medidas para mitigar as consequências do COVID-19 nas unidades prisionais.

O juiz fixou prazo de 60 dias para a prestação de contas dos recursos, os quais serão liberados imediatamente para conter a disseminação da doença.

Felpuda


Embora embalada por vários “ex”, pré-candidatura a prefeito de esforçada figura não deslancha. É claro que ninguém ousa falar em voz alta que o apoio, em vez de alavancar os índices com o eleitorado, está é puxando para baixo. Uns dizem que o título do filme “Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado” retrata bem a situação. Outros complementam: “... na primavera, no outono, no inverno...”. Como diria vovó: “Aqui você planta, aqui você colhe!”.