Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

ESCOLAS MUNICIPAIS

Estudantes que participaram de atividades remotas não serão reprovados

Caso aluno não tenha feito atividades, conselho de professores decidirá pela aprovação ou reprovação
16/11/2020 15:24 - Glaucea Vaccari


Todos os estudantes da Rede Municipal de Ensino (Reme) que participaram de atividades remotas serão considerados aprovados no ano letivo de 2020, em Campo Grande.

Resolução da Secretaria Municipal de Educação (Semed) que altera, em caráter excepcional, o regime de progressão adotado nas escolas, foi publicado na edição de hoje (16) do Diário Oficial do Município.

Segundo a resolução, o regime de progressão é a forma de promoção do aluno de um ano para o outro, sendo adotadas nas Reme a continuada, que é a não-reprodução de alunos do 1º para o 2º do aluno fundamental, e a continuada, a partir do 2º ano, onde a progressão é feita por mediante avaliação, com aplicação de provas ao longo do ano.

Devido à pandemia do coronavírus, para este ano letivo será adotada a progressão continuada em todas as etapas de ensino.

Ou seja, todos os alunos irão passar para a próxima série, desde que seja verificada a participação nas atividades remotas que estão sendo adotadas desde março, quando foram suspensas as aulas presenciais.

Caso o estudante não tenha participado das aulas remotas, os respectivos conselhos de professores terão autonomia para analisar e decidir se o aluno terá direito a progressão continuada, considerando a peculiaridades da trajetória escolar e com justificas plausíveis relacionadas ao período de pandemia.

Se for decidido pela reprovação, no ano letivo de 2021 o aluno permanecerá no mesmo ano em que esteve matriculado em 2020.

Esse processo era um pedido de pais e professores, tendo em vista que neste ano não foram aplicadas avaliações com notas.

Inicialmente, prefeitura havia sinalizado que nenhum aluno seria reprovado.

Segundo o município, cerca de 10% dos 109 mil alunos não foram frequentes nas aulas remotas, enquanto na rede estadual 2% dos 210 mil estudantes não mantiveram contato durante a pandemia.

 
 

Felpuda


Esforços vêm sendo feitos por certos candidatos derrotados na tentativa de conseguir emplacar em cargos públicos comissionados alguns ex-integrantes das equipes de trabalho da campanha eleitoral.

A preocupação não seria, na realidade, com situação de dificuldades que essas pessoas enfrentariam a partir de agora, mas, sim, para livrarem-se de pagar pendências trabalhistas referentes ao período da disputa. Tem cada uma!