Clique aqui e veja as últimas notícias!

BIOSSEGURANÇA

Alunos terão ensino remoto até o fim do primeiro semestre

Prefeitura publicou decreto que mantém as atividades on-line até o dia 1º de julho deste ano
05/02/2021 08:39 - Daiany Albuquerque


Os estudantes da Rede Municipal de Ensino (Reme) devem ficar mais um semestre com aulas completamente remotas este ano.

Ontem a Prefeitura de Campo Grande publicou um decreto no Diário Oficial que estabelece a continuidade das atividades on-line da Reme até o dia 1º de julho.

Ultimas Notícias

Com a medida, os alunos da Capital ficarão quase um ano e meio sem estudar presencialmente. Segundo o decreto, a decisão faz parte das medidas de enfrentamento à situação de emergência em razão da pandemia da Covid-19.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) já havia confirmado que a volta dos alunos da Reme, que ocorre na segunda-feira, seria de forma remota.

Mas ainda não havia informação sobre quando as aulas poderiam ser retomadas de forma híbrida.

No ano passado, a Semed tinha a expectativa de retomar as aulas de forma híbrida, com parte dos estudantes em casa e outra parte na escola, já neste começo de ano, mas o agravo da pandemia em dezembro contribuiu para que isso fosse evitado.

Conforme a Secretaria, as aulas ocorrerão a distância até que a situação seja estabilizada e o retorno presencial possa ocorrer com segurança para os alunos e os profissionais que atuam na educação pública municipal.

“O possível retorno híbrido é preparado com responsabilidade, levando em consideração a situação de saúde e o melhor para nossos alunos e toda a comunidade escolar”, diz nota da prefeitura.

Biossegurança

A Semed informou ontem que todas as 104 Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis) e as 98 escolas de Ensino Fundamental devem elaborar um plano de retorno das aulas presenciais.

“Serão adquiridos equipamentos de proteção que devem ser distribuídos nas unidades e utilizados por professores, funcionários das unidades e alunos, tais como máscaras e álcool em gel. Além disso, as escolas também farão as adaptações necessárias, com instalação de pias para lavagem das mãos e instalação de dispenser com álcool em locais estratégicos das unidades”.

Enquanto as aulas continuam remotamente, os alunos poderão acompanhar o ano letivo pelos cadernos de atividade distribuídos nas escolas, TV Reme (canal 4.2 da TVE e YouTube), Rádio Reme (aplicativo) e outros meios utilizados pelos professores e pelas unidades escolares, como aplicativos de conversa com vídeos e áudios.  

Retorno presencial

Esta semana, a secretária de Educação do município, Elza Fernandes Ortelhado, afirmou em entrevista ao Correio do Estado que neste ano não deve haver a volta de 100% dos estudantes de forma presencial na rede pública de Campo Grande.

Segundo a secretária, apesar da vacina, o retorno de todos os alunos para a sala de aula ainda está longe de ser uma realidade.

“Em virtude da quantidade de alunos que nós temos por sala, que é um número significativo. Então não devemos atingir o [ensino] 100% presencial este ano”, afirmou Fernandes.