Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

AVENIDA BANDEIRANTES

Ao proteger motociclista que invadiu local proibido, funcionário de obra é atropelado

Trabalhador está em estado grave; motociclista fugiu
17/02/2020 10:26 - Camila Andrade Zanin, Eduardo Miranda


 

O auxiliar de obras José Wilson Rodrigues Silva Filho, 25 anos, foi atropelado por um pequeno trator na obra de recapeamento da Avenida Bandeirantes, em Campo Grande. Ele tentava alertar um motociclista, que invadiu o local reservado aos funcionários da obra, quando um colega, que dirigia um pequeno trator utilizado em obras de pavimentação, o atingiu quando se locomovia de marcha-ré. O motociclista fugiu.

José Wilson teve fratura exposta na perna direita, no braço esquerdo e no peito. Quando foi atendido pelo Corpo de Bombeiros, gritava de dor. Foi socorrido e levado para a Santa Casa.  

“Os motociclistas e qualquer outro condutor, têm de respeitar a sinalização da obra. O isolamento está sendo feito com os cones”, explicou o tenente do Corpo de Bombeiros Joele Alencar. “O estado dele é grave”, complementou.  

BANDEIRANTES

As obras de recapeamento da Avenida Bandeirantes tiveram início em agosto do ano passado. Elas integram o projeto para instalar corredores de transporte em Campo Grande. A empreiteira Engepar executa os trabalhos.  

Na obra estão sendo investidos R$ 6.462.933,73 (recursos do PAC Mobilidade), e R$ 2.297.378,94 (contrapartida do Governo do Estado).

 
Veja o momento em que bombeiros e médicos do Samu atendem o trabalhador atropelado - Camila Andrade

Felpuda


Na troca de alfinetadas entre partidos que não se entenderam até agora sobre eventual aliança, uma outra peça está surgindo: trata-se do levantamento completo sobre investimentos feitos, recursos liberados, parcerias em todas as áreas, além do prazo de quando tudo isso começou. Caso os palanques venham a ficar distanciados, a divulgação será feita à exaustão durante a campanha eleitoral, para mostrar quem é quem na história. Os bombeiros continuam atuando.