Clique aqui e veja as últimas notícias!

LUZ

Energia é totalmente restabelecida na área urbana de Campo Grande após temporais

Moradores ficaram aproximadamente três dias sem energia após temporal de sexta-feira
21/10/2021 12:42 - Naiara Camargo


O fornecimento de energia foi totalmente restabelecido na área urbana de Campo Grande, após temporais da última sexta-feira (15), de acordo com a Energisa.

Porém, as demais ocorrências por falta de energia, que fazem parte do trabalho de rotina das equipes da concessionária, não se referem ao temporal da sexta-feira (15).

Últimas notícias

O temporal da última sexta-feira afetou o fornecimento de energia em mais de 50 bairros espalhados pelas sete regiões da Capital. 

Galhos, árvores e raios atingiram a fiação elétrica, interrompendo o serviço de energia.

A Energisa recebeu quatro mil ligações no temporal, número 20 vezes maior do que outras ocorrências de chuvas e rajadas de vento.

“É uma situação nunca registrada em quase oito anos de concessão em Mato Grosso do Sul”, informou a concessionária por meio de nota.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS), Campo Grande teve queda de 254 árvores durante o temporal. 

Militares do CBMMS ainda trabalham para solucionar e zerar problemas de queda de árvores e galhos pelas ruas da Capital.

Moradores de diversas regiões de Campo Grande ficaram sem luz por aproximadamente três dias, devido aos estragos causados pelo temporal.

Moradores da Vila Base Aérea de Campo Grande ficaram sem luz de quinta-feira (14) até segunda-feira (18).

O operador de callcenter, Vinícius Oliveira, mora no bairro e contou que seus peixes estavam morrendo, pois o aquário necessita de energia para haver oxigenação. 

“Tinha que ficar bombeando manualmente a água dos meus aquários para eles não morrerem. Estava complicado essa situação. Pagamos as contas sempre em dia sempre contando que vamos poder contar com o apoio da empresa”.

Uma Casa de Carne localizada próximo a avenida Bandeirantes ficou sem luz por mais de um dia e funcionários temiam prejuízo. 

Moradores do Assentamento Santa Mônica, zona rural de Campo Grande, estão sem energia e água desde sexta-feira (15), após estragos causados pelo temporal. Com isso, utilizam águas do Rio Anhanduí para saciar a sede. 

De acordo com Ademir de Jesus Pereira, 57 anos, uma árvore derrubou o poste de luz e ele está sem energia. 

“Hoje [quarta-feira] levei minha mulher para lavar a roupa lá no rio, porque acabou a luz e não puxa água dos poços".

De acordo com a Energisa, parte do assentamento já teve a energia restabelecida.  

"Devido a dificuldade de acesso pelas equipes e quantidade de defeitos identificados, os reparos são de altíssima complexidade e, por isso, levam mais tempo como, por exemplo, no assentamento Santa Mônica", afirmou em nota.

"Equipes da distribuidora continuam no local realizando as manobras para normalizar 100% do assentamento", finalizou.