Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BOLETIM

Aquidauana é a 52ª cidade de MS com casos confirmados de coronavírus

Nas últimas 24 horas, 71 casos foram confirmados, sendo 59% em Dourados
08/06/2020 11:55 - Adriel Mattos


Aquidauana, cidade no oeste de Mato Grosso do Sul, entrou nas estatísticas de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Segundo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta segunda-feira (8), Aquidauana registrou o primeiro caso.

Por outro lado, Corumbá e Terenos corrigiram dados locais. “Na nossa verificação diária, Corumbá descartou um caso, que apresentou contraprova negativa. E Terenos apontou que um de seus pacientes é de Campo Grande, então entra na estatística da Capital”, justificou a secretária-adjunta Christine Maymone.

Christine destacou que a maioria dos 2.324 que contraíram o vírus tem entre 30 e 39 anos. “São 666 pessoas relativamente jovens”, frisou. Ela ainda apontou o alto número de recuperados, mas pediu cautela. “Não vencemos ainda [a pandemia]. Continue usando máscara e se puder, fique em casa”, reforçou.

TESTES

A pasta está adquirindo 30 mil testes rápidos para diagnóstico da doença, por R$ 2,1 milhões. O extrato do contrato foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial Eletrônico (DOE).

O contrato com a Diagnolab Laboratórios vai até novembro e foi feito sem licitação, amparado pelo estado de calamidade pública decretado em razão da pandemia. Os recursos para custear os testes virão do Fundo Especial de Saúde.

 
 

DADOS

Dos 71 novos casos, 42 foram registrados em Dourados (59,1% do total confirmado hoje), 11 em Fátima do Sul, dez em Campo Grande e seis em Chapadão do Sul. Aquidauana, Deodápolis, Ladário e Naviraí confirmaram um novo caso cada. Corumbá e Terenos eliminaram um caso de suas base de dados após ajustes.

Mais 27 pessoas se recuperaram da Covid-19, totalizando 1163. 50 pacientes estão internados, sendo 29 em leitos clínicos e 23 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Dessas 29 pessoas em leitos clínicos, 18 estão em leitos públicos. As outras nove estão em hospitais privados. Entre os 23 internados em UTI, dez ocupam leitos públicos. 13 pessoas estão em hospitais privados, e outras duas estão internadas em São Paulo. Com isso, a taxa de ocupação de leitos clínicos é de 5,8% e dos de UTI é de 5,4%.  

Tem casos confirmados as cidades de Dourados (613), Campo Grande (398), Guia Lopes da Laguna (241), Três Lagoas (159), Fátima do Sul (153), Rio Brilhante (102), Corumbá (86), Douradina (69), Itaporã (64), Bonito (49), Vicentina (47), Ponta Porã (40), Jardim (36), Chapadão do Sul (35), Naviraí (27), Ladário (19), Brasilândia (15), Sonora (14), Glória de Dourados (12), Bataguassu (11), Nova Andradina (11), Ribas do Rio Pardo (11), São Gabriel do Oeste (10), Coxim (8), Mundo Novo (8), Costa Rica (7), Paranaíba (7), Amambai (6), Batayporã (6), Deodápolis (6), Ivinhema (6), Água Clara (5), Sidrolândia (5), Caarapó (4), Paraíso das Águas (3), Aparecida do Taboado (2), Bela Vista (2), Camapuã (2), Alcinópolis (1), Anastácio (1), Aquidauana (1), Corguinho (1), Itaquiraí (1), Jateí (1), Maracaju (1), Miranda (1), Nova Alvorada do Sul (1), Paranhos (1), Rio Verde de Mato Grosso (1), Selvíria (1), Tacuru (1) e Taquarussu (1).

O Estado já contabiliza 22 mortes: oito em Campo Grande, cinco em Três Lagoas, duas em Dourados, duas em Batayporã, duas em Brasilândia, uma em Paranaíba, uma em Vicentina e uma em Itaporã.

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.