Clique aqui e veja as últimas notícias!

FEITO INÉDITO

Em cirurgia de 1h30, arara-canindé mutilada recebe transplante de bico

Bico foi retirado de outra arara já falecida
05/03/2020 15:29 - Fábio Oruê


 

Uma arara-canindé adulta recebeu, no último fim de semana, um transplante de bico em cirurgia que durou 1h30, no Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS). A ave foi encontrada na região urbana de Campo Grande com ferimento grave e foi resgatada pela Polícia Militar Ambiental (PMA).

De acordo com o veterinário Lucas Cazati, que coordenou a equipe de cirurgia, o animal é uma possível vítima de atropelamento e foi encaminhado ao CRAS em 28 de fevereiro. “Ela chegou com muito sangramento e desde a sua entrada no CRAS, até a cirurgia, o trabalho se concentrou em tirá-la da situação de risco. Realizamos todo um procedimento terapêutico, submetemos a exames de raios-x e ultrassom, o que nos permitiu um diagnóstico favorável à cirurgia”, explicou.

Então, um enxerto heterólogo - transplante de um indivíduo de uma espécie para outra - foi realizado. “Nós já havíamos realizado pequenas cirurgias de reparo em casco de jabuti, mas o procedimento na arara foi mais complexo. Utilizamos um bico de animal já falecido, que foi recortado, ajustado com resina de dentista e fixado com parafusos ortopédicos, de forma que a arara fique bem e consiga se alimentar”, disse Cazati.