Clique aqui e veja as últimas notícias!

PANDEMIA

Governo reconhece que aulas após férias antecipadas podem não voltar

Plataformas de ensino serão aprimorados durante as férias
27/04/2020 12:00 - Ricardo Campos Jr


 

Os mais de 200 mil alunos da Rede Estadual de Ensino (REE) de Mato Grosso do Sul vão ficar mais tempo em casa de quarentena. Isso porque o Governo do Estado não decidiu se as aulas vão voltar ainda neste ano, mas como haviam cogitado anteriormente, vão antecipar as férias de julho para maio, com objetivo de aumentar o isolamento social, segundo informou o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov) Eduardo Riedel durante transmissão ao vivo do boletim epidemiológico do novo coronavírus. 

“Ele (recesso) será do dia 4 de maio até 18 de maio. Quando terminarmos o decreto que expira dia 4 com as aulas não presenciais, os alunos terão recesso. O objetivo principal é para que não tenhamos aglomerações e essas crianças como vetores do Covid-19”, disse o titular da Segov. 

Conforme já publicado pelo Correio do Estado, as informações circularam de professores e profissionais pedagógicos da rede que as aulas ficariam suspensas e o método remoto seria aplicado até o fim do ano letivo, mas nem a Secretaria de Educação, nem o governo confirmaram a informação, mas também não deram uma previsão de quando as aulas voltariam de forma presencial.