Clique aqui e veja as últimas notícias!

SEGUNDA ONDA?

Hospitais particulares registram aumento significativo de casos suspeitos da Covid-19 na primeira quinzena de novembro

Classes mais altas tem ligação com a retomada do número de sintomáticos
17/11/2020 18:27 - Brenda Machado


Hospitais particulares de Campo Grande registraram aumento no número de entradas de pacientes com sintomas respiratórios, nos primeiros 16 dias de novembro.

Os comunicados foram feitos à imprensa, pedindo auxílio para conscientizar a população quanto a necessidades de se ater aos cuidados essenciais de enfrentamento à Covid-19: distanciamento social, uso de máscara (cobrindo boca e nariz) e higienização frequente das mãos.

De acordo com dados do Hospital da Cassems, na primeira quinzena do mês, o Hospital de Campanha teve aumento de 83% no atendimento, em comparação com o mesmo período de outubro.

A unidade é exclusiva para recebimento de pacientes suspeitos ou confirmados da doença, ou com sintomas respiratórios.

Ainda conforme informações, no dia 2 de novembro a média móvel foi de 35 atendimentos, subindo para 70, uma semana depois.

Já nesta segunda-feira (16), o número saltou para uma média de 104 atendimentos.

Atravessando a mesma situação, o Hospital da Unimed liberou uma publicação, ontem, informando que também registrou alta de entradas no Pronto Atendimento de Síndrome Respiratória, ala voltada para casos da Covid-19.

Só nos primeiros 16 dias do mês, a unidade atendeu 2.090 de suspeitos da doença, mais que toda a soma do mês anterior.

Os hospitais relataram já ter reforçado o quadro das equipes, para evitar possíveis demoras ou filas, mas permanecem contando com o apoio da população para frear o contágio.