Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TAXA DE OCUPAÇÃO

Aumentam leitos disponíveis para combate ao Covid-19

Preocupação ainda é com o aumento de casos notificados em Campo Grande
10/07/2020 12:33 - Da Redação


 

O Governo do Estado divulgou no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul (DOEMS) desta sexta-feira (10), mapa da disponibilidade de leitos no Estado, como anunciado no meio dessa semana.  

Apesar de aumentarem os números de infectados, foram 590 nas últimas 24 horas, o Estado mostrou uma melhora na quantidade de leitos adultos disponíveis. São 67 leitos a mais em relação a quarta-feira, quando tínhamos 670.  

Os de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) também apresentaram aumento, saindo de 199 para 225 vagas. Com isso a ocupação diminui pouco em relação a última atualização, caindo de 82% para 79%. A capital testou 258 novos casos positivos, 43,7% do notificado no Estado, ultrapassando a notificações diárias de Dourados.

As medidas anunciadas pelo Secretário de Saúde do MS, Geraldo Resende, em pareceria com a Prefeitura de Campo Grande, parecem auxiliar no aumento de leitos disponíveis no Estado, atualmente com 737 leitos para tratamento do Covid-19.  

No entanto, a maioria dos casos são de pessoas na faixa etária dos 30 aos 39 anos de idade, conforme a plataforma notifica mais do governo do estado. Esse grupo corresponde a 28% dos casos confirmados, e 5% do óbitos.  

O problema é que essa população é a mais ativa na cidade, e carrega o vírus contribuindo com o aumento de casos. A faixa mais vulnerável, acima de 60 anos, corresponde a 6% das notificações, mas 70% das mortes.  

Dourados contava com 102 leitos adultos e 60% ocupados na quarta-feira. Na nova atualização estão à disposição 48 leitos de UTI, 13 a menos. Isso pode explicar porque a maior parte dos óbitos vem da cidade da região sul do e estado, 42, de acordo com o boletim divulgado na manhã de hoje.

Em Campo Grande, são 224 leitos adultos disponíveis e 103 de UTI para o combate ao Covid-19. A pequena folga pode dar um aparente ar de tranquilida de no combate à doença, no entanto, o Hospital Regional já apresentou lotação quase completa no decorrer da semana. A prefeitura anunciou 70 leitos para próxima semana.  

Desde o dia 8 de julho, todos os hospitais de MS são obrigados a informar em tempo real os dados de internações de casos suspeitos e/ou confirmados de coronavírus.

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.