Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE E DOURADOS

Avanço da Covid-19 leva Hospital Cassems a ampliar oferta de leitos UTI

Mais 17 leitos serão abertos na segunda-feira para atender pessoas com coronavírus
26/06/2020 16:09 - Eduardo Miranda


 

Por causa do avanço do contágio do coronavírus em Mato Grosso do Sul, a Caixa de Assistência dos Servidores do Estado (Cassems) vai ampliar a oferta de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) em seus hospitais de Campo Grande e de Dourados.  

O anúncio foi feito na noite da última quinta-feira, pelo presidente da Cassems, Ricardo Ayache, e pelos diretores, Marcos Bonilha e Alessandro Depieri.  

Em Campo Grande, serão 12 leitos a mais para o atendimento de pacientes com Covid-19, a doença causada pelo coronavírus. A oferta total passará a ser de 12 leitos. Na unidade de Dourados, a oferta passará de 15 para 20 leitos de UTI. O reforço nas unidades será válido a partir desta segunda-feira (29).  

Mesmo com a aumento da capacidade de internação de pacientes mais graves em UTI, o presidente da Caixa dos Servidores reforça a necessidade de a população manter as diretrizes que já vêm sendo orientadas pelas autoridades sanitárias desde o início da pandemia no Brasil. “É importante que se mantenha os cuidados de usar a máscara, higienizar corretamente as mãos, permanecer em casa se possível e, acima de tudo, fazer uso do distanciamento social como ferramenta primordial para o controle da pandemia, evitando aglomerações em locais públicos. Essas ações são de extrema importância para que possamos enfrentar essa situação”, afirma.

Campo Grande e Dourados são as cidades com mais casos de Coronavírus em Mato Grosso do Sul. A cidade do interior tem 2.247 pessoas com Covid-19 confirmada, enquanto a Capital, tem 1.554 pessoas, conforme boletim desta sexta-feira (26).  

No Estado há 166 pessoas internadas com a Covid-19, sendo que 81 estão na UTI, e 28 pacientes em leitos privados.  

HOSPITAL DE CAMPANHA

Desde março, quando o primeiro caso de Covid-19 foi confirmado no Estado, o Hospital Cassems de Campo Grande implantou hospital de campanha em seu estacionamento, com três consultórios e 30 leitos para atendimento ambulatorial.  

Naquele período ocorreu a primeira ampliação da capacidade de leitos de UTI. 

 

Felpuda


Entre sussurros, nos bastidores políticos mais fechados, os comentários são que história apregoada por aí teria sido construída para encobrir o que realmente foi engendrado em conversa que resultou em negociata. 

O script foi na base do “você finge que é assim, e nós fingimos que acreditamos”. 

Batido o martelo, a encenação prosseguiu e, conforme o combinado, deverão ser apresentados novos episódios.

Ah, o poder!