Clique aqui e veja as últimas notícias!

PANDEMIA

Azitromicina não é eficaz em pacientes com Covid-19 em estado grave, diz estudo

Conduzida por grupo brasileiro, pesquisa destacou que medicamento é mais recomendado para doenças causadas por bactérias, não vírus
05/09/2020 07:46 - Da Redação


Um estudo brasileiro publicado na sexta-feira (4) pela revista médica britânica The Lancet mostrou que adicionar o medicamento azitromicina com a hidroxicloroquina para tratar pacientes internados em estado grave pela Covid-19 é ineficaz.

Segundo a CNN Brasil, essa é a primeira pesquisa controlada no mundo para testar os efeitos do fármaco, que também não trouxe diferença significativa no tempo de internação dos pacientes.

O trabalho analisou 447 pacientes entre março e maio de 2020. O remédio foi ministrado em conjunto com a hidroxicloroquina em todos os indivíduos.  

“Nossas descobertas não apoiam o uso rotineiro da azitromicina em combinação com a hidroxicloroquina em pacientes com Covid-19 severa”, escreveram os membros do grupo brasileiro Coalizão Covid-19 Brasil.