Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

OBRAS

Bairro ganha asfalto e avenida terá drenagem

Serviços começaram a ser executados pela prefeitura nesta semana
20/06/2020 09:48 - Gabrielle Tavares


Começaram nesta semana obras de drenagem e pavimentação no Jardim Tijuca, em Campo Grande. A Avenida Cônsul Assaf Trad também foi contemplada, obras estão sendo feitas para eliminar ponto de alagamento no local, nas proximidades do Terminal Nova Bahia.

No bairro da região sudoeste da Capital, serão 465 metros de drenagem e 2,1 quilômetros de pavimentação. Serão contempladas com asfalto trechos das ruas Severino Pinheiro e Bartolomeu Mitre, Saint Romain, Diego Alvares e as transversais, Visconde de Suassuna, Tabira e Alfredo Lisboa. Os 12 mil moradores do local já podem presenciar equipes que estão trabalhando na abertura de valetas para implantação da tubulação de drenagem.

Já na Avenida Cônsul Assaf Trad, uma tubulação atravessará as duas pistas da avenida para conexão com drenagem já existente, que capta a enxurrada que desce do Residencial Abaeté e bairros vizinhos. O projeto, orçado em R$ 3,9 milhões, prevê ainda a execução de 863 metros de pavimentação.

Será feito um trecho de 555 metros de asfalto da via lateral, a terceira pista da avenida, a partir do corredor da Nova Lima. Será feita uma alça de acesso de 200 metros à Cônsul Assaf Trad e mais 107 metros na Rua Coxim.

Além disso, 2,1 km de vias serão recapeadas, abrangendo 1,5 km da pista sentido bairro/centro da Cônsul Assaf Trad e mais 600 metros, distribuídos em pequenos trechos das ruas João Antonio Lunardi, Ermandina Silveira e Guanambi.

 
 

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!