Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CLIMA

Baixa umidade do ar deixa em alerta municípios de Mato Grosso do Sul

Nesta época do ano, por conta do tempo seco, há perigos à saúde humana
25/08/2020 14:46 - Fábio Oruê


Mato Grosso do Sul está em alerta para o tempo seco e a baixa umidade relativa do ar, podendo chegar a até 12%, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). 

A condição climática coloca em risco a saúde das pessoas e aumenta a propagação dos incêndios florestais, conforme aviso do Inmet.

O alerta é de perigo potencial para as próximas 24 horas. Por isso, a Defesa Civil Estadual orienta a população a ingerir bastante líquido, evitar desgaste físico e se proteger da exposição solar.

São 46 municípios de MS com alerta vigente, como Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Brasilândia, Camapuã, Campo Grande, Figueirão, Nioaque, Miranda, Paraíso das Águas, Ribas do Rio Pardo, Porto Murtinho, Sonora, Terenos, Três Lagoas e etc. 

Nesta época do ano, o tempo seco traz perigos à saúde humana, que vão do aparecimento de sintomas de doenças respiratórias, como rinite, asma e bronquite, ao desconforto físico.

Na natureza, a condição facilita os incêndios florestais que devastam ecossistemas inteiros. 

No Pantanal de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, por exemplo, o fogo já consumiu só neste ano mais de 1,2 milhão de hectares do bioma, o equivalente a oito vezes a cidade de São Paulo.

 
 

Felpuda


Candidato a prefeito em cidade do interior tremeu que só nas bases diante da decisão que tirou a corda do pescoço de adversário, liberando o dito-cujo para disputar a eleição.

Como acreditava que o pleito seria “um passeio”, estava até pensando no modelito que usaria no dia da posse.

Agora, teme nadar, nadar e morrer na beira da praia, deixando o terno pendurado no cabide.