Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

OPERAÇÃO OMERTÀ

Em meio a ação contra jogo do bicho, bancas não lacradas fecham nesta quinta-feira

Ordem teria vindo dos operadores do esquema, pressionado pelas ações das autoridades
24/09/2020 18:30 - Rodrigo Almeida


Depois de serem alvos, na quarta-feira (23) do grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), e da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras), as barracas do jogo do bicho que não foram lacradas, nem abriram nesta quinta-feira (24).

A reportagem do Correio do Estado foi a algumas bancas do Jogo do bicho lacradas em ações da Operação Omertà. Durante a passagem, algumas pessoas relataram que as bancas ainda não atingidas estão fechadas.

Segundo os moradores, que não quiseram se identificar, a ordem partiu dos chefões do esquema e o que não foi lacrado deve ficar fechado.

Até o momento, a operação apelidada de Black Cat (Gato Negro em inglês) informou que 22 pessoas foram conduzidas e mais de 60 bancas foram fechadas. O jogo do bicho é uma atividade considerada ilegal no Brasil assim como rompimento de lacres postos elas autoridades.

De acordo com o Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS), em nota divulgada na manhã desta quinta, a maioria das barracas está instalada em passeios públicos na Capital, o que gera infração administrativa, além das implicações relativas à atividade.

Outra prática comum, é o funcionamento de pontos dentro de estabelecimentos comerciais. Segundo a nota, isso configura em infração penal e administrativa.

 
 

Felpuda


Comentários maldosos nos meios políticos dão conta que duas figurinhas que se rebelaram contra os próprios colegas poderão ficar no sereno político e, de forma indireta, serem personagens das próprias manifestações.

Um deles defendeu a redução do número de vereadores, e o outro disse ter vergonha de exercer o cargo. Agora enfrentam altos e baixos na campanha eleitoral.