Clique aqui e veja as últimas notícias!

LOCKDOWN EM MS

Bebida alcoólica só poderá ser comprada via delivery

Venda de bebida alcoólica em supermercados e atacadistas está proibida; serviço de entrega é brecha
10/06/2021 18:00 - Eduardo Miranda


O decreto publicado pelo governo de Mato Grosso do Sul na manhã desta terça-feira, apesar de proibir a comercialização de bebidas alcoólicas dentro de supermercados e mercearias - atividades essenciais que permanecerão abertas durante o lockdown previsto para começar nesta sexta-feira (11) - permite que a venda de bebidas alcoólicas ocorra por meio de delivery.

Últimas Notícias

O Correio do Estado consultou fontes na Procuradoria Geral do Estado, e informação é a interpretação do decreto é que o comércio de bebidas alcoólicas não é considerado atividade essencial. Mas o serviço de delivery de bebida alcoólica, mesmo na bandeira cinza, é permitido como atividade essencial.

O decreto publicado nesta quinta-feira (10) estabelece uma Lei Seca em todo o Mato Grosso do Sul pelos próximos 15 dias. O governo também pretende escalar a Polícia Militar para reprimir desobediência ao decreto.

O decreto

Com o decreto estadual que determina o funcionamento apenas de atividades consideras essenciais em 43 municípios de Mato Grosso do Sul, incluindo a capital Campo Grande, muitos locais não poderão abrir por 15 dias.

As restrições terão início nesta sexta-feira (11) e serão válidas até o dia 24 de junho. O decreto lista 51 atividades ou serviços como essenciais.

Entre as atividades autorizadas a funcionar, desde que respeitando as medidas de biossegurança, estão igrejas e academias e também estabelecimento de educação infantil, fundamental, médio, técnico-profissionalizante, superior e pós-graduação em formato presencial.

Já o comércio, bares e restaurantes podem funcionar apenas na modalidade delivery. Salões de beleza, áreas comuns de condomínio , feiras e atividades de turismo não podem abrir ao público.

Conforme o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, o decreto estadual se sobrepõe a qualquer decreto municipal, salvo em casos que os executivos municipais decidirem por medidas que sejam mais restritivas do que as determinadas pelo Estado.

O prefeito de Campo Grande, Marcos Trad, informou que todas as determinações serão seguidas.

Além do lockdown, os municípios classificados em bandeira cinza, que representa o grau de risco extremo de contaminação da Covid-19, também terão lei seca. O decreto proíbe o comércio de bebidas alcoólicas durante o período.

Outra medida restritiva é a alteração no toque de recolher, que será das 20h às 5h para todos os municípios durante o período.