Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ANUNCIOU HOJE

Bolsonaro inclui academia, barbearia e salão de beleza em serviços essenciais

Teich diz que Ministério da Saúde não foi consultado sobre decisão
11/05/2020 18:28 - Da Redação


Presidente Jair Bolsonaro anunciou, na tarde desta segunda-feira (11), que assinou decreto onde inclui academias de ginástica, salões de beleza e barbearias como atividades essenciais. Declaração foi dada em frente ao Palácio da Alvorada, mas o decreto com a ampliação dos serviços considerados essenciais ainda não foi publicado.

Como justitificativa, Bolsonaro afirmou que "saúde é vida" e as três atividades seriam essenciais para a manutenção da saúde.

“Academia é vida. A pessoa fica em casa sendentária, aumenta colesterol, piora a saúde", disse o presidente.

Já com relação aos salões de beleza e barbearia, ele afirmou que os estabelecimentos têm relação com higiene e também a saúde.  "A questão de cabeleireiro também. Fazer cabelo e unhas é questão de higiene", declarou.

Presidente também citou a questão econômica como motivo para a reaburta dos estabelecimentos. "A questão da vida tem que ser tratada paralelamente à questão do emprego. Sem economia não tem vida", disse.

O ministro da Saúde,, Nelson Teich, afirmou que não sabia sobre a medida e que a decisão não passou pelo Ministério da Saúde, mas acrescentou que a definição de atividades essenciais  é uma atribuição do Ministério da Economia e uma decisão do presidente.

 

Felpuda


Comentários maldosos nos meios políticos dão conta que duas figurinhas que se rebelaram contra os próprios colegas poderão ficar no sereno político e, de forma indireta, serem personagens das próprias manifestações.

Um deles defendeu a redução do número de vereadores, e o outro disse ter vergonha de exercer o cargo. Agora enfrentam altos e baixos na campanha eleitoral.