Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DIRETOR-GERAL

Bolsonaro nomeia 'braço direito' de Ramagem para comando da Polícia Federal

Delegado Rolando Alexandre de Souza vai assumir a diretoria da PF
04/05/2020 09:32 - Estadão Conteúdo


O presidente da República, Jair Bolsonaro, formalizou no Diário Oficial da União (DOU) a nomeação do delegado Rolando Alexandre de Souza para exercer o cargo de diretor-geral da Polícia Federal. Para assumir o comando da PF, Rolando Alexandre de Souza foi exonerado do cargo que ocupava na Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Conforme o jornal O Estado de S. Paulo informou, Rolando de Souza é considerado "braço direito" de Alexandre Ramagem.

A nomeação dele, que era secretário de Planejamento e Gestão da Abin, é vista como solução alternativa enquanto Bolsonaro tenta reverter a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que impediu Ramagem de assumir o comando da Polícia Federal.

Depois da suspensão, Ramagem voltou à direção-geral da Abin.

Com Rolando de Souza no comando da instituição, o presidente também procura manter a influência de Ramagem, que é próximo à família Bolsonaro, na Polícia Federal.

Segundo pessoas próximas ao presidente, o diretor-geral da Abin tem participado diretamente das decisões sobre o futuro do comando da PF, uma atribuição do ministro da Justiça, André Luiz Mendonça.

 

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!