Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PREJUÍZO

Incêndio em depósito de inflamáveis que durou 14 horas é controlado

Militares tiveram que fazer barreiras para evitar que produtos escorressem para plantação vizinha
27/10/2019 12:00 - BRUNA AQUINO


 

O incêndio em depósito de produtos inflamáveis que durou 14 horas finalmente foi controlado na manhã deste domingo por equipes do Corpo de Bombeiros de Três Lagoas e brigadistas voluntários. 

As chamas começaram ainda no sábado e mobilizou várias equipes. Segundo informações dos Bombeiros, seis tambores com produtos químicos explodiram dentro galpão e no momento do início das chamas ninguém ficou ferido. 

Ainda segundo os militares, foi necessário abrir valetas no chão para impedir que óleo e outros produtos químicos escorressem para a plantação de eucalipto ao lado do galpão. Também foi utilizado espuma para controlar as chamas. 

O proprietário do local não soube informar as causas do incêndio e ainda não estima o tamanho do prejuízo com o incêndio.

CUIDADOS ESPECIAIS

A reportagem listou 10 cuidados fundamentais para manusear produtos químicos ou inflamáveis e evitar acidentes. 

-Sempre utilizar os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) adequados;

-Manusear os produtos químicos com cuidado;

-Garantir que apenas pessoas devidamente orientadas tenham acesso aos produtos químicos;

-Sempre lavar as mãos com água e sabão após manusear as substâncias;

-Em caso de vazamento de produto, realizar a limpeza imediata;

-Nunca manipular produtos inflamáveis perto de chamas ou fontes de calor;

-Em caso de derramamento de líquidos inflamáveis, interromper o trabalho imediatamente, avisar todos os envolvidos no trabalho e realizar a limpeza da substância;

-Ao manipular recipientes com produtos químicos, sempre usar pinças de tamanho adequado e em perfeito estado de conservação;

-Nunca levar as mãos à boca ou aos olhos quando estiver manipulando produtos químicos;

-Nunca fumar nos locais onde os produtos químicos estão armazenados.

Felpuda


Alguns pré-candidatos que estão de olho em uma cadeira de vereador vêm apostando apenas nas redes sociais, esperançosos na conquistados votos suficientes para se elegerem. A maioria pede apoio financeiro para continuar mantendo suas respectivas páginas, frisando que não aceita dinheiro público ou de político, fazendo com que alguns se lembrem daquela famosa marchinha de carnaval: “Ei, você aí, me dá um dinheiro aí, me dá um dinheiro aí...”. Como diria vovó: “Essa gente perdeu o rumo e o prumo”.