Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TURISMO

Em estimativa, Bonito poderá receber 15 mil turistas durante feriado prolongado

Hotéis já estão lotados e turistas terão que seguir todas as recomendações de biossegurança.
10/10/2020 12:47 - Alicia Miyashiro


Com a chegada do feriado, Bonito se torna um dos pontos turísticos mais procurados em Mato Grosso do Sul, por conta de seus rios com águas cristalinas e paisagens encantadoras, o município tem como estimativa receber entre os dias 9 a 12 de outubro, cerca de 15 mil pessoas.

De acordo com o Secretário de Turismo, Augusto Mariano, a maior parte das redes de hospedagem já estão lotadas, o que gera preocupação àqueles que chegam sem reservas.  

Em relação a COVID-19, o Secretário garante que todas as medidas de biossegurança estão sendo tomadas para evitar o contágio do vírus, de acordo com o regulamento da OMS.  

Além disso, policiais farão rondas a pé para orientar os turistas o Secretário também conta que empresários já foram orientados para evitar essas aglomerações em seus comércios, se caso, as aglomerações forem nas ruas, algumas poderão ser fechadas.

Houve também reforço nas equipes policiais, com mais 12 integrantes, e na área de coleta de lixo para que as ruas se mantenham limpas. O hospital continuará funcionando normalmente 24hrs.

Um cuidado para se tomar nestes dias, será em relação à falta de água, que poderá surgir em alguns pontos do município. O Secretário informou, que em reunião com outros representantes, medidas já estão sendo tomadas para que este fator não prejudique os turistas, aproximadamente 4 caminhões pipas — 2 de Dourados, 1 de Nova Andradina e 1 do Exército, estarão na cidade para fornecer o abastecimento de água nos locais, caso for necessário.

Economia

Segundo estimativa realizada, aproximadamente 15 milhões de reais serão movidos pela cidade durante o feriado, em toda a cadeia rotativa de turismo, de forma que todos os comércios sejam impactos positivamente.

Uma pesquisa também será realizada com turistas, analisando de que Estado eles vem, gasto médio por dia, tempo médio que ficarão na cidade, se voltariam ou não, e se tiveram algum sentimento de segurança durante a hospedagem por lá, em relação à pandemia.  

Essas perguntas serão feitas, para montar o perfil de quem visita a cidade, e fazer o planejamento para o próximo feriado, dia 2 de novembro, após esses eventos, o município analisará todos os dados e começará a estudar estratégias para o Reveillón.

 

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido