Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TEMPO

Calor extremo continua e temperaturas começam a cair a partir do próximo sábado

Previsão é de máxima de 40°C pelo menos até sexta-feira em Mato Grosso do Sul
04/10/2020 15:31 - Glaucea Vaccari


Forte massa de ar seco continua influenciando o tempo em Mato Grosso do Sul durante toda a semana. Previsão é de calor extremo e níveis críticos de umidade, sem previsão de chuva até o próximo fim de semana.

De acordo com o Climatempo, temperaturas seguem bem altas ao longo da semana, com calor de 43°C e chance de novos recordes.

A umidade relativa do ar continua em situação de emergência. Variação para a semana está estimada entre 50% e 10%, podendo ter picos abaixo de 10%, especialmente nas regiões noroeste norte, bolsão e central.

Não há previsão de chuva pelo menos até sábado (10), quando podem ocorrer precipitações, no entanto, sem acumulado significativo.

No feriado de criação do Estado e Dia de Nossa Aparecida, dias 11 e 12 de outubro, respectivamente, chuvas devem ser mais abrangentes e influenciar na queda das temperaturas máximas, que devem baixar para 35°C, em média.  

A partir da segunda quinzena do mês, pancadas de chuva típicas da primavera já ocorrerão de forma mais regular e o calorão que tem predominado nos últimos dias deve dar uma trégua.

Mudança de padrão atmosférico também é esperada a partir da próxima semana, com o gradual aumento de umidade trazidos por ventos de noroeste amazônicos, que passam a ficar mais úmidos nesta época do ano, e de uma frente fria do sul do País.

Nesta semana, de segunda a sexta-feira devem ser mantidas as mesmas condições de temperaturas bastante elevadas, com céu claro a parcialmente nublado, sem expectativa de chuva.

Enquanto a chuva não vem, termômetros oscilam entre 22°C e 43°C no Estado. Em Campo Grande, máxima é de 41°C e mínima de 26°C.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), pico de calor deve ocorrer na terça e quarta-feira, quando máximas podem chegar a 45°C. 

O Inmet tem dois alertas vigentes, para o perigo de baixa umidade e altas temperaturas para o período de 3 a 5 dias. O alerta de onda de calor se iniciou ontem e prevê temperaturas máximas 5°C acima da média histórica do mês.

Por conta do calorão e baixa umidade, orientação é ingerir bastante líquido, evitar atividades físicas e exposição ao sol, usar hidratante e umidificar ambientes com umidificadores, bacia com água ou toalha molhada.

Também é recomendado não atear fogo em terrenos baldios ou jogar bitucas de cigarro na natureza, para evitar queimadas e também a poluição do ar. Várias cidades do Estado já estão encobertas por fumaça do Pantanal, o que é prejudicial à saúde.

 
 

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido