Clique aqui e veja as últimas notícias!

VACINAÇÃO

Campanha de vacinação contra poliomielite termina, mas vacinas continuam disponíveis

A meta é vacinar pelo menos 95% do público infanto-juvenil, mas até agora apenas 52,54% foram imunizados
01/12/2020 13:01 - Naiara Camargo


Mesmo com o fim da campanha, a vacina contra a poliomielite continua disponível nas unidades de saúde de Campo Grande. Mesmo que a criança entre 1 e menos de 5 anos esteja com a vacina em dia, deverá tomar uma nova dose.

A Campanha Nacional de Multivacinação e Poliomielite terminaria em 30 de outubro, mas foi prorrogada até 30 de novembro, com “Dia D” de vacinação em 17 de outubro e 7 de novembro. Porém, até o momento, a meta de cobertura vacinal de 95% ainda não foi alcançada.

Acompanhe as últimas notícias

De acordo com a Prefeitura Municipal de Campo Grande (PMCG), foram imunizadas 25.276 crianças, o que representa 52,54% do total, desde a abertura da campanha, em 5 de outubro

Com a baixa cobertura, as vacinas permanecerão disponíveis nas 71 unidades básicas de saúde da família (UBSF).

“Nós ainda estamos com a cobertura muito baixa da vacina. É extremamente importante que os pais e responsáveis levem a criança para se imunizar”, declara Veruska Lahdo, superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

“A vacinação é a melhor maneira de se proteger contra a doença e evitar a reintrodução de doenças que já estão extintas no país, como a poliomielite”, acrescenta.

A imunização é de extrema importância para garantir a proteção individual e coletiva, pois evita a propagação de doenças que causam sequelas ou até mesmo levam à óbito. 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) ressalta que é fundamental que haja vacinação de um grande número populacional para garantir o controle e eliminação de doenças imunopreveníveis, como da rubéola, da síndrome rubéola congênita e da pólio.

Assine o Correio do Estado