Cidades

Cidades

Campanha da Ciptran tem prazo "relâmpago"

Campanha da Ciptran tem prazo "relâmpago"

KARINE CORTEZ

04/02/2010 - 23h19
Continue lendo...

A ação educativa da Companhia Independente de Polícia de Trânsito (Ciptran) em frente às instituições de ensino começou ontem no Colégio Maria Auxiliadora, mas tem data para terminar. Será até o próximo dia 25, conforme informações do PM, Alírio Villasanti. Segundo ele, tratase apenas de uma campanha de conscientização para pais de alunos no início do ano letivo. Mas muitos motoristas que precisam passar pelo local nos horários de saída dos estudantes e até mesmo quem precisa buscar os filhos no colégio gostaria que a fiscalização do trânsito ocorresse todos os dias. “Hoje a polícia está aqui e está ótimo, estão de parabéns. Mas, e amanhã quando eles não estiverem, tudo vai voltar como era antes”, disse a dona de casa, Marile Fonseca Victória. Marilene contou que todos os dias precisa passar em frente da escola Auxiliadora e é um transtorno. “Isso aqui na hora do almoço é intransitável e todo mundo que passa está com pressa, então já viu o que vira o trânsito”, enfatizou. Os motoristas de transporte escolar ficaram muito satisfeitos com a presença dos policiais na manhã de ontem, porque dessa forma conseguiram vaga no estacionamento que deveria ser destinado a eles, mas também reclamaram do prazo estipulado para a campanha. “Toda vez que chegamos aqui tem carros particulares estacionados na nossa vaga e isso gera um transtorno enorme para nós, porque atrasa a entrega das crianças e nos força a parar em fila dupla. Por que não acontecer essa fiscalização todos os dias ou até de forma aleatória para pegar as pessoas de surpresa mesmo”, questionou a motorista Sandra Maroco. O aposentado Adair Acosta Escobar, 68 anos, esteve na escola Auxiliadora para buscar a neta e acabou estacionando em parte da faixa para as vans do transporte escolar. A polícia de trânsito orientou que Adair colocasse o carro um pouco mais para trás deixando livre o acesso à vans. “É sempre complicado. Realmente a gente não consegue estacionar. Todas as escolas deveriam ter estacionamento privativo”, disse Adair. O departamento Estadual de Trânsito (Detran) registrou em 2009 457 infrações por estacionar em fila dupla em frente das escolas e 40 multas foram geradas para motoristas que transportam crianças em desacordo com as leis de trânsito como, por exemplo, sem cinto de segurança no banco traseiro. Crianças Desta vez a campanha de conscientização também teve como foco as crianças que poderão “multar” os pais que cometerem erros no trânsito. Ontem elas receberam do Detran a cartilha com as alternativas de infrações e saíram loucas para fiscalizarem os pais. “Vou chegar em casa e falar para o meu pai. Agora posso te multar, hein papai!”, disse Lenon Betini Barreto, 10 anos. A estudante Isabela Espíndola Rodrigues, 9 anos, recebeu o talão de multa confeccionado especialmente para crianças e saiu dizendo para o pai prestar mais atenção porque ela estava de olho.

UMIDADE DO AR

Quatro municípios de MS estão entre os sete mais secos do Brasil

Coxim (15%), Jardim (15%), Miranda (15%) e Nhumirim (15%) são as cidades que registraram algumas das menores umidades do ar do País

23/07/2024 09h05

Tempo seco requer cuidados, como tomar muita água

Tempo seco requer cuidados, como tomar muita água MARCELO VICTOR

Continue Lendo...

Quatro municípios de Mato Grosso do Sul estiveram entre os sete mais secos do Brasil nesta segunda-feira (22), de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Coxim (15%), Jardim (15%), Miranda (15%) e Nhumirim (15%) são as cidades que registraram algumas das menores umidades do ar do País.

Cotriguaçu (MT), Bom Jardim da Serra (SC), Barretos (SP) e Cuiabá (MT) também aparecem na lista.

Das 7 cidades mais secas do Brasil, 4 são de MS. Confira os índices de umidade e a posição no ranking de cada uma:

Tempo seco requer cuidados, como tomar muita águaFonte: Inmet

Temperaturas acima dos 30ºC se tornaram rotina, em pleno inverno, em Mato Grosso do Sul.

Massa de ar quente e seca, que atua no Estado, causa calorão, sol quente, altas temperaturas, tempo seco, céu limpo, baixa umidade relativa do ar e ausência de chuvas.

O Inmet divulgou alerta amarelo (perigo potencial) e alerta laranja (perigo) de baixa umidade relativa do ar para os 79 municípios de Mato Grosso do Sul. Isto significa que a umidade irá variar entre 12% e 30%, com risco de incêndios florestais e à saúde. O alerta vence nesta terça-feira (23) às 19 horas e pode ser renovado. 

Tempo seco requer cuidados, como tomar muita águaAlerta amarelo e laranja de baixa umidade do Inmet. Mapa: Inmet

Umidade relativa do ar é a quantidade de água em forma de vapor dispersa pelo ar. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a umidade indicada é de no mínimo 60%. O instrumento utilizado para medir a umidade é o higrômetro.

RECOMENDAÇÃO

De acordo com o Ministério da Saúde, o tempo seco requer cuidados aos sul mato-grossenses. Confira as recomendações:

  • Não praticar exercícios físicos durante as horas mais quentes do dia
  • Evitar exposição ao sol das 9h às 17h
  • Usar protetor solar
  • Beber muita água
  • Usar roupas finas e largas, de cores claras e tecidos leves (de algodão)
  • Não fazer refeições pesadas
  • proteger-se do sol com chapéus e óculos de proteção
  • Manter o ambiente arejado, com umidificador de ar, ventilador, toalhas molhadas, baldes cheios d’água e ar condicionado

INVERNO

O inverno começou às 16h51min de 20 de junho e terminará às 8h44min de 22 de setembro de 2024.

É caracterizada por clima gelado, tempo frio/fresco, temperaturas baixas e em queda, tempo seco, baixa umidade relativa do ar, pouca chuva e ocorrência de geadas/nevoeiros.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrahão, apesar de ser caracterizada pelo frio, haverá muito mais dias quentes do que frios, nesta estação de inverno, em Mato Grosso do Sul.

Isto significa que haverá dias seguidos de sol, céu limpo, calor e temperaturas mais altas que o normal no Estado. Portanto, este inverno será mais quente e mais seco em comparação ao dos últimos anos.

Mas, como típico da estação, também haverá alguns dias frios e avanço de frentes frias, com temperaturas próximas aos 5ºC e 10ºC. Mas, de fato, as massas de ar frias serão de baixa intensidade, ou seja, haverá pouco frio.

Haverá pouca chuva neste inverno em Mato Grosso do Sul. Chuvas tendem a ficar abaixo do esperado, principalmente entre julho e agosto, no Estado. O índice pluviométrico será irregular, fraco e mal distribuído em Mato Grosso do Sul.

 

Previsão do tempo

Confira a previsão do tempo para hoje (23) em Campo Grande e demais regiões de Mato Grosso do Sul

Tempo segue quente e seco no estado

23/07/2024 04h30

Apesar de amenas durante a noite, tempo segue quente e seco durante o dia

Apesar de amenas durante a noite, tempo segue quente e seco durante o dia Gerson Oliveira / Correio do Estado

Continue Lendo...

Nesta terça-feira (23), a previsão do tempo indica continuidade do tempo quente e seco, com sol e poucas nuvens em Mato Grosso do Sul. As temperaturas seguem estáveis e acima da média, aliado a baixos valores de umidade relativa do ar, entre 10% e 30%.

No domingo (21), Campo Grande registrou a menor umidade relativa do ar no ano até o momento, com registro de 15% entre às 14:00 e 16:00 horas local. Por isso recomenda-se beber bastante líquido e umidificar os ambientes.

Durante a noite e ao amanhecer, as temperaturas mínimas permanecem um pouco mais amenas porém, ao longo do dia, as máximas estarão em rápida elevação devido a presença de ar seco. 

Os ventos atuam do quadrante leste (sudeste/leste/nordeste) com valores entre 40 km/h e 60 km/h. Pontualmente podem ocorrer rajadas de vento acima de 60 km/h.

Confira abaixo a previsão do tempo para cada região do estado:

Para Campo Grande, estão previstas temperatura mínima de 18°C e máxima de 30°C. 

A região do Pantanal deve registrar temperaturas entre 169°C e 34°C. 

Em Porto Murtinho é esperada a mínima de 18°C e a máxima de 32°C. 

O Norte do estado deve registrar temperatura mínima de 16°C e máxima de 32°C.

As cidades da região do Bolsão, no leste do estado, terão temperaturas entre 17°C e 30°C. 

Anaurilândia terá mínima de 16°C e máxima de 31°C. 

A região da Grande Dourados deve registrar mínima de 15°C e máxima de 31°C. 

Estão previstas para Ponta Porã temperaturas entre 15°C e 25°C. 

Já a região de Iguatemi terá temperatura mínima de 14°C e máxima de 30°C. 

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).