Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

BOLETIM

Campo Grande registra mais da metade dos casos de Covid-19 de Mato Grosso do Sul

Foram confirmados 302 novos casos e cinco mortes pela doença nas últimas 24 horas
25/10/2020 16:13 - Glaucea Vaccari


Mato Grosso do Sul teve 302 novos casos e cinco mortes por Covid-19 confirmados nas últimas 24 horas. Campo Grande é responsável por mais da metade dos novos testes positivos, com 189 casos, o que represente 62,58% do total de casos do Estado.

É o que aponta boletim epidemiológico divulgado neste domingo (25) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). 

Além da Capital, os demais municípios que mais confirmaram casos foram Corumbá (38), Três Lagoas (18), Dourados (11) e Naviraí (7).

Campo Grande é também a cidade do Estado com maior número de casos confirmados desde o início da pandemia, com 35.025, seguida por Dourados, com 8.125, e Corumbá, com 4.710.

Porém, considerando a taxa de incidência de casos para cada 100 mil habitantes, a Capital fica atrás de Miranda, Dois Irmãos do Buriti, Aquidauna, Corumbá, Cassilândia, Chapadão do Sul e Ladário.

Com relação as mortes, três vítimas eram de Campo Grande e as demais de Caarapó e Ladário. São quatro mulheres e um homem, com idades entre 68 e 89 anos, todos com comorbidades.

Mato Grosso do Sul contabiliza 1.553 mortes por Covid-19, com taxa de letalidade se mantendo em 1,9%.

Já quanto aos casos confirmados, são 79.901 no total, com 74.178 destes já considerados recuperados.

Dos ativos, 3.855 cumprem isolamento domiciliar e 315 estão internados, além de três de outros estados, também internados, que não entram no boletim da SES.

Maioria das internações é na rede pública e em leitos clínicos. No entanto, secretária adjunta de Saúde, Christine Maymone, disse, durante a semana, que os pacientes de leitos clínicos podem vir a precisar de UTI e por isso a situação se mantém preocupante.

Taxa de ocupação global de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é de 63% na macrorregião de Campo Grande, 57% na macro de Dourados, 28% em Três Lagoas e 21% em Corumbá. 

 
 

Felpuda


Ex-petista de quatro costados, que acabou se aboletando em outro partido já há algum tempo, decidiu se submeter mais uma vez às urnas na tentativa de voltar a comandar cidade do interior de Mato Grosso do Sul. O eleitorado não botou fé e decidiu reeleger o atual prefeito.

Agora, há quem diga que o dito-cujo, que é fã de Carnaval, já pode ir preparando sua fantasia: “palhaço das perdidas ilusões”. Ô maldade!