Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CURVA ASCENDENTE

Capital tem explosão de casos de Covid-19 em 24 horas

Foram confirmados 345 novos casos e duas mortes em Campo Grande
15/07/2020 11:28 - Glaucea Vaccari


Campo Grande atingiu um novo recorde de casos confirmados de Covid-19. Nas últimas 24 horas, foram 345 novas confirmações da doença causada pelo novo coronavírus e duas mortes. Este é o maior número de confirmações em um dia desde o início da pandemia.  

Segundo boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Campo Grande soma 5.181 casos de Covid-19 e 46 óbitos.  

Entre ontem e hoje, dois homens morreram na Capital, sendo um idoso de 81 anos, que não tinha nenhuma outra doença relatada, e um de 74 anos, que sofria de doença renal crônica e hipertensão.  

Em todo o Estado, foram 697 novos casos nas últimas 24 horas e seis mortes, todos homens. Além das vítimas da Capital, morreram um idoso de 82 anos em Naviraí, um de 46 anos em Miranda, um de 65 em Sidrolândia, que tinha diabetes, e um de 27 anos em Aquidauana, que tinha como comorbidade doença cardiovascular crônica, diabetes e obesidade.  

Só em julho morreram 93 pessoas pela doença no Estado. No total, são 183 óbitos.

Nos hospitais de Mato Grosso do Sul, há 309 pessoas internadas, sendo 11 de outros estados. São 167 em leitos clínicos e 142 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).  

“É um número que está crescendo a cada dia e só vamos cessar esse crescimento de pessoas que vão ficar dentro de hospitais se nós colaborarmos com isolamento social, uso de máscara e as regras de higiene”, disse o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende.

Quanto aos leitos, secretário acrescentou que, na segunda-feira (20), serão ativados 10 novos leitos para tratamento específico de caos Covid na Santa Casa.

“A Santa Casa vai entrar no rol de hospitais que vamos colocar a disposição da população”, disse.  

Entre as macrorregiões, Corumbá é com a maior taxa de ocupação de leitos de UTI pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com 77% de ocupação global. Campo Grande tem 73% de ocupação, Dourados tem 56% e Três Lagoas 49%.

 
 

LOCKDOWN PARCIAL

Como medida para tentar frear o contágio do coronavírus em Campo Grande, prefeito Marcos Trad (PSD) anunciou que, a partir do dia 18 de julho, comércio e serviços não essenciais terão horário reduzido de atendimento, das 9h às 17h, com fechamento nos finais de semana.

Também foram endurecidas regras para atendimento, que deverá ser feito com até 30% da capacidade do comércio varejista, de shoppings, academias e salões de beleza.

O toque de recolher permanece às 20h.  

Aos finais de semana, somente serviços essenciais e delivery, que continuam com atendimento normal, poderão funcionar. 

 

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.