Clique aqui e veja as últimas notícias!

COVID-19

Campo Grande atinge a marca de 300 mil vacinados com a primeira dose contra a Covid-19

Enquanto um terço da população está vacinada, 162 pessoas permanecem na fila por leitos clínicos e de UTI
03/06/2021 17:45 - Mariana Moreira


Campo Grande ultrapassou, nesta quinta-feira (3), a marca de 300 mil pessoas vacinadas com a primeira dose do imunobiológico contra a Covid-19.  

Enquanto o equivalente a um terço da população já se encontra parcialmente imunizada, 162 pessoas com o coronavírus aguardam hoje por um leito clínico e em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Campo Grande.  

Últimas Notícias

Segundo Suzelei Medina, 42 anos, apesar de apresentar sintomas para a Covid-19, o marido continua à espera de um leito na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Coronel Antonino sem ser testado para a doença. “Nós estamos apavorados aqui, meu marido foi entubado e a vaga no hospital não vem”, relatou.  

Medina salientou que o esposo, internado na UPA há quatro dias, não está recebendo o tratamento adequado. 

"Ninguém nos informa nada sobre o quadro de saúde dele, não há profissionais suficientes”, afirmou.  

Jucineia Martins, 42 anos, afirmou que está desde às 9h desta quinta-feira com o pai à espera de atendimento na UPA Coronel Antonino. 

“Até agora [17h], nenhum médico o avaliou, ele permanece lá dentro sem nem ter como ir ao banheiro, informaram que tem apenas um médico atendendo e o sistema não está dando conta”, salientou.  

Vacinação

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau), até o momento, das 303.863 pessoas vacinadas com a primeira dose, 128.768 já completaram a segunda etapa de imunização, por volta de 14,24% da população.  

A Capital sul-mato-grossense se mantém entre as cidades do país que mais vacinaram proporcionalmente a sua população.  

De acordo com a Sesau, o município deve concluir nas próximas semanas a vacinação de todos os grupos prioritários elencados pelo Ministério da Saúde no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.  

A vacinação por faixa etária contempla hoje pessoas de 52 anos ou mais, com ou sem comorbidades.

Entre os públicos já contemplados com a aplicação das duas doses necessárias contra o coronavírus, estão os idosos asilados, pessoas com comorbidades com 18 anos ou mais, deficientes acamados, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores da Saúde, Educação, Assistência Social, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos.  

Profissionais do transporte coletivo, rodoviário, indígenas urbanos, gestantes e puérperas até 45 dias pós-parto também já foram imunizados.