Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CONVÊNIO

Campo Grande vai ampliar a capacidade de atendimento em 110 leitos

Contratação foi assinada e está sob análise da Procuradoria Geral do Município
09/04/2020 18:25 - Glaucea Vaccari , Súzan Benites


Parceria entre prefeitura de Campo Grande e governo do Estado viabiliza a contratação de mais 100 leitos clínicos e a ativação de 10 novos leitos de UTI para atendimento de pacientes com o novo coronavírus (Covid-19) na Unidade do Trauma da Santa Casa. Segundo o prefeito Marcos Trad (PSD), a medida visa a precaução para o caso do aumento do número de infectados. 

De acordo com o prefeito, em parceria com o governo já são 240 leitos na Capital. “Sendo que 81 hoje estão vagos, os outros ocupados não necessariamente por pessoas infectadas por coronavírus, temos pessoas que tiveram avc, que estão em estado vegetativo, politraumatizados e pessoas que ocupam parte de leitos da UTI”, disse Trad.

O prefeito confirmou durante transmissão ao vivo pelas redes sociais que os novos leitos estão sendo contratados. “Estamos adquirindo a contratação de mais 100 leitos clínicos e ativação de 10 leitos de UTI no Hospital do trauma para nos acautelar neste momento difícil que nossa cidade, nosso estado, país e o mundo todo está passando”. 

Na quarta-feira (8) o secretário municipal de Saúde José Mauro Filho visitou a unidade e na ocasião se reuniu com o presidente da instituição, Heber Xaxier.

Conforme informado pelo secretário, momentaneamente, a proposta é utilizar os leitos como “retaguarda”,  a fim de atender a demanda da Rede Municipal de Saúde e desafogar outras unidades hospitalares, como o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul,  referência para atendimento de casos da Covid-19 em Campo Grande.

“Acredito que a Unidade do Trauma será estratégica para o atendimento de pacientes com Covid-19 pela estrutura hoje existente e a possibilidade de isolamento da unidade central da Santa Casa, sem prejudicar o atendimento. Além disso, existe ainda a possibilidade de equiparmos os leitos  ampliando assim a capacidade de receber pacientes mais graves”, comentou Mauro Filho.

De acordo com o presidente da Santa Casa, Heber Xavier, o hospital está disposto a contribuir para atender a população e será parceiro no enfrentamento do coronavírus. “Estamos vivendo um momento muito delicado na saúde e entendemos que a Santa Casa tem obrigação de colabrar e fazer a sua parte e dar condições e uma assistência adequada a todos”, completou.

Para viabilizar os novos leitos, a minuta do termo aditivo já foi assinada e está sob análise da Procuradoria Geral do Município (PGM) para posterior publicação e formalização do convênio.

 

Felpuda


Pré-candidatos que em outras eras cumpriram mandato e hoje sonham em voltar a ter uma cadeira para chamar de sua estão se esmerando em apresentar suas folhas de trabalho. O esforço é grande para mostrar os serviços prestados, mas estão se esquecendo que a cidade cresceu, os problemas aumentaram e aquilo que já foi tido como grande benefício hoje não passa da mais simples obrigação diante do progresso e das novas exigências legais. Assim sendo...