Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

Capital tem aumento de casos e Dourados apresenta queda

Campo Grande tem 2 mil casos do novo coronavírus a mais que a segunda maior cidade do Estado
18/07/2020 15:01 - Adriel Mattos


Os casos de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus) seguem aumentando em Campo Grande. Por outro lado, Dourados vem apresentando menos registros a cada semana.

Os dados foram apresentados pelo titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, durante transmissão ao vivo na rede social Facebook na manhã deste sábado (18).

Nesta semana, considerada a 29ª semana epidemiológica da doença, a Capital confirmou mais 1.868 casos. No total, já foram registrados desde março 5.860 casos.  

Quanto ao número de mortes, Campo Grande também apresenta alta nas últimas semanas. Foram 21 óbitos nesta semana.

Já na 28ª semana epidemiológica, foram 16 mortes, 14 na 27ª semana e nenhuma na semana 26.

Já Dourados manteve números semelhantes da semana anterior. A segunda maior cidade do estado - que já foi epicentro da pandemia - confirmou 782 novos casos, enquanto registrou na semana anterior 781 casos.

Na 27ª semana epidemiológica, foram 927 casos e 1.075 confirmações na 26ª semana. Dourados tem até o momento 3.716 casos.

Com isso, Campo Grande tem 2.144 casos a mais que Dourados.

“SOFRÍVEL”

Ainda durante a transmissão ao vivo, o secretário voltou a criticar as novas medidas de restrição da prefeitura.

“Campo Grande está na bandeira preta, o que exige medidas mais duras para uma taxa de isolamento maior, porque atualmente o índice é sofrível. Por isso, a doença continua crescendo”, afirmou Resende.

 
 

DADOS

Mato Grosso do Sul confirmou mais 201 casos para o novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando o total para 16.006.

4.858 estão em isolamento domiciliar, 10.568 estão sem sintomas e já estão recuperados e 364 estão internados, sendo 236 em hospitais públicos e 134 em hospitais privados. Oito pacientes internados são procedentes de fora do Estado.

A taxa global de ocupação de leitos na macrorregião de Campo Grande é de 82%. Desses, 33% são de pacientes com a Covid-19, 46% com outras doenças e 3% com suspeita.  

A macrorregião de Dourados está com 56% dos leitos ocupados, a região de Três Lagoas com 49% e a de Corumbá com 68%. Foram registrados 13 óbitos, passando para 216 mortes pela doença em Mato Grosso do Sul.

 
 

Felpuda


Pré-candidato a prefeito de Campo Grande divulgou vídeo em que político conhecido Brasil afora anuncia apoio às suas pretensões. O problema é que o tal líder já andou sendo denunciado por mal feitos em sua trajetória, sem contar que o pai do dito-cujo teve de renunciar ao cargo de ministro por ter ligações nebulosas com empresa de agrotóxico. Depois do advento da internet, essa coisa de o povo ter memória curta hoje não passa de coisa “da era pré-histórica”.