Cidades

Campo Grande

A+ A-

Carnaval de Rua não teve ocorrências graves e está dentro da expectativa, diz PM

Nos três primeiros dias, quase 30 mil foliões estiveram na Esplanada Ferroviária

Continue lendo...

A folia começou oficialmente em Campo Grande na última sexta-feira (9), e já reuniu quase 30 mil pessoas na Esplanada Ferroviária.

Segundo a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, que faz o policiamento no local, nenhuma ocorrência grave foi registrada nas três noites de Carnaval de Rua até aqui. São cerca de 650 policiais trabalhando diariamente, em dois turnos, para garantir a segurança dos foliões.

"Até agora o Carnaval está dentro da expectativa do planejamento inicial, sem ocorrências graves e com o folião tendo a sensação de segurança o tempo todo, devido ao número de militares empregados e espalhados na área do evento", afirmou o Coronel Emerson de Almeida.

Segundo a PM/MS,  foram registradas cinco ocorrências desde o início do Carnaval na Esplanada.

Na sexta-feira (9), um adolescente foi apreendido por portar drogas para consumo pessoal. No sábado, uma pessoa foi detida pelo mesmo motivo, e um segurança privado, que testemunhou na detenção da pessoa com droga e acabou sendo preso por estar com mandado de prisão em aberto por não pagar pensão alimentícia. Na mesma noite, uma mulher foi detida por dirigir embriagada.

No domingo, apenas uma pessoa foi detida por resistência e desobediência.

Público

Segundo a Polícia Militar, aproximadamente 28 mil pessoas estiveram na Esplanada Ferroviária nos primeiros três dias de folia. Na sexta-feira, cerca de 5 mil foliões compareceram para o Farofolia, evento que deu início às festividades no local. No sábado, cerca de 13 mil festejaram com o Cordão Valu, e no domingo, 15 mil compareceram ao primeiro dia de Capivara Blasé.

"Para hoje e amanhã a expectativa é de que os números de foliões sejam superiores a 10 mil", disse o Coronel Emerson de Almeida.

Programação encerra nesta terça-feira

Hoje a folia continua na Esplanada Ferroviária, com Capivara Blasé, durante a tarde e início da noite, e o Bloco Só Amor, que assume a festa às 20h. O Bloco Ipa Lelê, do Eden Beer, bar localizado na Avenida Mato Grosso, também é um bom atrativo para os foliões.

Na terça-feira (13), o Cordão Valu encerra a programação do Carnaval de Rua de Campo Grande, com entrada liberada a partir das 15h.

Assine o Correio do Estado. 

interior

Motorista que causou morte de casal e filho de 5 anos paga R$ 5 mil de fiança e é solto

Acidente na BR-163 aconteceu ainda na tarde de quinta-feira (29) e homem foi preso em hotel

02/03/2024 19h00

Foto: Reprodução/Alvorada Informa

Continue Lendo...

Responsável pelo acidente da última quinta-feira (29) que vitimou um casal e seu filho na BR-163, o motorista acusado de invadir a pista com um caminhão de ovos pagou a fiança e foi solto dois dias após cometer o crime, neste sábado (02). 

Jucinei de Jesus Ferreira Martins, Simone de Fátima de Oliveira e a pequena Lavínia de Oliveira Martins morreram ainda no local do acidente e foram sepultados hoje (02). 

Identificado pelas iniciais R.D, o motorista de 35 anos, conforme apurações do portal Alvorada Informa, quitou sua fiança pelo valor de cinco mil reais. 

Relembre

Ainda na quinta-feira (29), a colisão envolveu uma Toyota Hilux e um caminhão que transportava ovos. Depois do choque, o veículo pegou fogo, sendo que a condutora da caminhonete acabou carbonizada. 

Nessa mesma data o motorista, levado inicialmente para o hospital e detido após receber alta, foi preso sob acusação de homicídio culposo, por suspeita de imprudência na direção.

Cabe destacar que, pelas informações repassadas pela polícia, as evidências mostram que o motorista invadiu a contramão e permaneceu com o veículo parado, o que teria causado a colisão frontal.

A caminhonete, conduzida por Simone, parou na área de mata às margens da pista e o caminhão ficou no acostamento da rodovia, com parte de uma carga de ovos espalhada.

Em decorrência do acidente, o trânsito local ficou interrompido por cerca de uma hora e meia. Os corpos foram encaminhados ao Imol (Instituto de Medicina Odontologia Legal) de Dourados e posteriormente serão liberados aos familiares para sepultamento.
 

 

Assine o Correio do Estado

interior

Investigado por tráfico é preso com "arsenal" e peixe de piracema em casa

Homem de 26 anos tinha mais de 770 munições intactas em casa, além de 1.850 kg de chumbo/balins e; 06 tubos de pólvora, pesando 649 gramas

02/03/2024 17h01

Todo esse material armamentista, segundo a polícia, estava em desacordo com a determinação regulamentar, por não possuir licença ou autorização Reprodução/PCMS

Continue Lendo...

Durante o cumprimento de mandado de busca domiciliar em Pedro Gomes, a Polícia Civil prendeu um homem que já era investigado por tráfico de drogas, com um "arsenal" em casa, diversos tipos de munições e até mesmo porções de peixes pescados ainda durante a Piracema. 

Conforme divulgado pela Polícia Civil ainda por volta de 21h30 de ontem (1º de março), essa prisão do indivíduo, de 26 anos, aconteceu com apoio da Polícia Militar, uma vez que ele já era investigado pelo comércio de substâncias entorpecentes em Pedro Gomes. 

Com o mandado em mãos, os ilícitos encontrados na casa vão desde balança de precisão com resquícios de substância análoga à cocaína e pasta base, mais outra pequena porção de cocaína localizada no carro do rapaz, uma S-10 branca.

Além disso, nos quartos foram encontrados diversos celulares, sendo seis da marca Samsung, três da Motorola, além de um tablete Multilaser, modelo M7 e outro aparelho telefone da LG. 

Já no freezer instalado na cozinha, os policiais encontraram diversas espécies de peixes, animais esses que, apesar de estarem dentro do tamanho permitido, foram pescados ainda na piracema, período de defeso que terminou em 28 de fevereiro quando é proibida a retirada. Entre os exemplares estavam: 

  • 05 peixes da espécie cachara, medindo entre 0,85 cm a 0,90 cm, pesando o total de 30,621 kg;
  • 01 peixe da espécia jurupoca, medindo 0,55 cm, pesando 2,236 kg;
  • 01 peixe da espécie pintado, medindo 0,74 cm, pesando 2,610 kg;
  • 1,836 kg de pescado da espécie pintado, transformados em postas;
  • 2,598 kg de pescado da espécie jaú, transformados em postas.

Armas e munições

Identificado pelas iniciais S.M.C, o homem ainda possuía uma espécie de arsenal pessoal em sua residência, com ao menos três armas localizadas e as mais diversas munições, intactas e deflagradas também. 

Importante frisar, como ressalta a própria Polícia Civil em material de divulgação, que todo esse material armamentista estava em desacordo com a determinação regulamentar, por não possuir licença ou autorização.

Das armas, os policiais encontraram no interior de uma carreta de som um revólver 38, marca Amadeo Rossi; além de duas espingardas, uma de calibre 36 e outra 20, sendo essa segunda com dois canos e ambas da marca Boito. Entre as munições estavam: 

  •  235 munições intactas calibre 20
  •  08 munições intactas calibre 36
  •  251 munições calibre 22
  •  288 munições calibre 38
  •  25 cartuchos deflagrados de calibre 36
  •  07 cartuchos deflagrados de calibre 32
  •  02 cartuchos deflagrados de calibre 38
  •  78 cartuchos deflagrados de calibre 20
  •  05 cartuchos deflagrados de calibre 28

Ainda, como a própria definição de "arsenal" evidencia um espaço destinado para fabricação e armazenamento de armamentos, os policiais ainda encontraram 1.850 kg de chumbo/balins e; 06 tubos de pólvora, pesando 649 gramas. 

Além disso, foram localizadas 260 "espoletas" intactas, termo usado para classificar desde o composto químico e/ou o dispositivo que inicia a combustão da munição e impulsiona o projétil pelo cano da arma. 

Todos os objetos foram apreendidos e o homem preso em flagrante, pelo delito de posse irregular de arma de fogo de uso permitido.
**(Com assessoria)

 

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).