Clique aqui e veja as últimas notícias!

APREENSÃO

Cartel com atuação em MS movimentou mais de R$ 1 bilhão no mundo todo

Alvo da Operação Enterprise da Polícia Federal foi encontrado com 11 milhões de euros em espécie
23/11/2020 11:12 - Rodrigo Almeida


Agentes da Polícia Federal deflagraram a maior operação da história da organização com o sequestro de pouco mais de R$1 bilhão na manhã desta segunda-feira (23). O alvo era um cartel especializado em envio de cocaína para a Europa.

Coordenador Nacional de Repressão de Drogas, Armas e Facções Criminosas, Elvis Secco, afirma que o “tráfico de drogas não é crime de periferia. Essas pessoas estão na elite. O tráfico de drogas não pode ser encarado como uma mera apreensão de caminhoneiro passando pela fronteira.”

Acompanhe as últimas notícias do Correio do Estado

De acordo com os números divulgados em entrevista coletiva na manhã de hoje, a força-tarefa conjunta entre PF, Polícia Civil do Paraná e Receita federal, apreendeu 37 aeronaves com valor de mercado de até R$20 milhões, além de diversas armas de fogo entre elas, uma metralhadora .50 com o subgrupo de Mato Grosso.

A organização era composta por um grupo de logística sediado em São Paulo, outro de logística de transporte aéreo no interior de São Paulo, em São José, dois grupos em Natal, responsáveis por envios de droga para a Europa em barcos de pesca. 

E Subgrupos em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que eram responsáveis para enviar cocaína para os portos de Paranaguá.

Segundo nota oficial à imprensa, forma cumpridos 66 mandados de prisão e 149 de mandados de busca em nove estados diferentes incluindo o Mato Grosso do Sul por 670 agentes e 30 servidores.

Além de cumprimento de ordens judicias no Brasil, a operação Enterprise também conta com cooperação da Interpol para prosseguimento de ordens internacionais para a captura de alvos radicados no exterior. 

As autoridades brasileiras afirmam que essa é a primeira vez que há uma cooperação entre uma operação brasileira e agentes da Europol.