Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Campo Grande estabiliza em número de casos nas últimas 24 horas

MS continua entre os estados com menor número de casos no Brasil
16/05/2020 12:46 - Bruna Aquino


Apesar de ter o maior número de casos da covid-19 por ser a capital do Estado em maior número de habitantes, Campo Grande segue sem aumento expressivo no número de casos da doença. Em 24 horas, a cidade registrou apenas um caso confirmado do novo coronavírus , que saiu de 171 para 172 casos, segundo dados do boletim epidemiológico divulgado neste sábado (16) e até ontem a taxa de recuperados na Capital estava em 82%. 

Segundo o secretário de Estado de Saúde (SES) de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, isso acontece porque a maior incidência hoje predomina na região sudoeste do Estado, mas precisamente nas cidades de Guia Lopes da Laguna e as vizinhas Jardim e Bonito. “Nós vamos atender sugestões, compreender as dificuldades, e criar melhores condições de serviços para melhorar a situação a esse municípios, o governo está investindo mais de R$ 4 milhões na saúde do Estado”, disse Resende. 

Mato Grosso do Sul teve um aumento no número de curados e atualmente são 216 pessoas que não estão mais preocupadas com a doença. O número de casos descartados também é grande, e registra hoje 4.088 de 4.765 casos notificados. 

Ainda nessa esteira, o secretário destacou que Mato Grosso do Sul ainda continua entre os estados com menos casos e mortes da Covi-19 no Brasil, mas é preciso focar ainda mais no isolamento social que ainda representa um índice abaixo do ideal. 

Ainda de acordo com o Resende, houve um aumento de coletas nos pontos de drive-thru das cidades o que ajuda no diagnóstico precoce. Foram distribuídos 53.060 testes a mais em todo o Estado. “Nosso estado tem conseguido aplicar os testes em massa, nessa ferramenta (drive-thru) que é valiosa”, finalizou. 

 

Felpuda


Embora faltem 26 dias para as eleições, a bolsa de apostas nos meios políticos já está em alta.

Dois nomes estão sendo apontados como favoritos para disputarem o segundo turno.

Isso acontecendo, há quem garanta que um deles receberia total apoio de antiga liderança e de todo o seu grupo, que hoje estão em lados opostos.

Vai longe o tempo em que o objetivo era tão somente o bem comum...