Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

COVID-19

Casos diários mantém estabilidade, mas gravidade diminui em Mato Grosso do Sul

Secretária afirma que queda no número de internados demonstra que maioria está tendo sintomas leves
06/11/2020 11:02 - Glaucea Vaccari


Número de casos diários da Covid-19 tem se mantido estável em Mato Grosso do Sul, com tendência de queda, mas os casos graves diminuíram, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Secretária adjunta, Christine Maymone, chegou a essa conclusão devido ao número de internações, enquanto o de casos continua na mesma média.

“Temos queda no número de internações, isso é fato e vem acontecendo há pelo menos um mês, está diminuindo os casos graves da doença, mas não os casos da doença”, disse Christine.

“Sabemos pela ciência que 80% dos casos são considerados leves e não tem necessidade de internação, mas a partir de qualquer sinal e sintoma, deve ir a uma unidade de saúde mais perto da sua casa”, acrescentou.

Nesta quinta-feira (6), dos 3.785 casos ativos de Covid-19, há 228 pacientes internados nos hospitais do Estado, sendo 119 em leitos clínicos e 112 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

No pico da pandemia, Mato Grosso do Sul chegou a ter cerca de 550 pessoas internadas.

As outras 3.357 estão em isolamento domiciliar, com sintomas leves ou assintomáticas.  

Com relação aos casos, foram 543 novos e cinco mortes confirmadas nas últimas 24 horas.  

Vítimas tinham idades entre 32 e 84 anos e eram de Campo Grande, Naviraí, Miranda, Porto Murtinho e Três Lagoas. Todas com comorbidades.

“Tudo indica que essa semana será um pouco menor [as confirmações], mas nem por isso devemos dizer que está sob controle, estamos em estabilidade. Embora tenhamos diminuído internações, nossos casos continuam com frequência, nossa linha continua alta e estável”, disse a secretária adjunta.  

Com os novos resultados positivos, Estado ultrapassou a marca de 84 mil casos confirmados, contabilizando 84.159 desde o início da pandemia, com 78.740 já recuperados.  

Taxa de letalidade continua em 1,9% e a taxa de contágio também permanece em 0,93%. 

 
 

Felpuda


Figurinha cuja eleição estava sub judice trabalha intensamente para ter a votação legalizada. Isso acontecendo, garante uma das cadeiras de vereador. Assim, quem hoje foi proclamado eleito vai para a fila da suplência.

Caso isso ocorra, a figurinha que corre o risco não deverá ficar desamparada, pois deixou secretaria municipal para disputar as eleições e poderá ter a cadeira de volta em 2021. Agora, resta esperar para ver onde vai parar.